Codelco fecha fundição Ventanas rumo à mineração sustentável

A Codelco declarou que está se adaptando para produzir cobre de forma mais sustentável para atender às crescentes demandas ambientais

Reuters

Publicidade

QUINTERO, Chile – A estatal chilena Codelco, maior produtora mundial de cobre, fechou nesta quarta-feira sua fundição de metais Ventanas, localizada na costa central do país, após incidentes ambientais na região que afetaram suas operações.

A mineradora decidiu no ano passado encerrar as atividades da instalação na cidade de Quintero, a cerca de 108 quilômetros a noroeste da capital, após autoridades declararem emergência ambiental devido à poluição que deixou dezenas de pessoas com sintomas de envenenamento por emissão de dióxido de enxofre.

“A transformação da divisão Ventanas é uma evidência clara de que essa corporação está decisivamente caminhando em direção a uma mineração mais sustentável”, disse Máximo Pacheco, presidente do conselho de administração da empresa, durante evento de encerramento da unidade.

Continua depois da publicidade

A Codelco declarou que está se adaptando para produzir cobre de forma mais sustentável para atender às crescentes demandas ambientais dos compradores e do governo chileno.

As autoridades não atribuíram diretamente o incidente à fundição da Codelco. Mais de uma dúzia de grandes empresas, incluindo empresas de combustíveis fósseis, cimento e eletricidade, operam na região.

Ambientalistas têm chamado Quintero e seus arredores de “zona de sacrifício” devido a repetidos incidentes de poluição que têm causado emergências de saúde pública.

(Reportagem de Fabian Andres Cambero)

Tópicos relacionados