Garantia

CMN autoriza FGC a dobrar garantia do DPGE para R$ 40 milhões

A mudança faz parte das medidas preventivas visando  a manutenção da liquidez do Sistema Financeiro Nacional

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou nesta segunda-feira (6) o Fundo Garantidor de Crédito (FGC) a elevar o valor máximo do Depósitos a Prazo com Garantia Especial (DPGE). Com a mudança, o valor máximo garantido do total de créditos de cada pessoa contra a mesma instituição financeira associada ao FGC, ou contra todas as instituições associadas do mesmo conglomerado financeiro, sobe de R$ 20 milhões para R$ 40 milhões.

O DPGE é um depósito a prazo com garantia do FGC e tem como objetivo assegurar liquidez às instituições de menor porte em ambiente de maior aversão a risco. Ele tem emissão mínima de R$ 1 milhão e prazo máximo de 24 meses, sendo vedado resgate antecipado.

As instituições financeiras poderão captar em DPGE o valor equivalente ao seu patrimônio líquido, limitado a R$ 2 bilhões por conglomerado.

Aprenda a investir na bolsa

A mudança faz parte das medidas preventivas visando  a manutenção da liquidez do Sistema Financeiro Nacional em “momento de maior aversão a risco no contexto atual de incertezas quanto ao desdobramento da crise de saúde pública de importância internacional relacionada à Covid-19”, disse nota assinada pelo presidente do BC, Roberto Campos Neto.

Como se tornar um trader consistente? Aprenda em um curso gratuito os set-ups do Giba, analista técnico da XP, para operar na Bolsa de Valores!