Bancos

Citigroup descobre fraude em unidade mexicana

A instituição concedeu empréstimos falsos a uma empresa que já foi interditada pelas autoridades do país, cortando seu lucro líquido em US$ 235 milhões de dólares

arrow_forwardMais sobre

NOVA YORK/CIDADE DO MÉXICO – O Citigroup afirmou nesta sexta-feira que descobriu empréstimos fraudulentos na sua subsidiária mexicana e que seus funcionários podem ter participado do crime.

O banco concedeu empréstimos falsos a uma empresa que já foi interditada pelas autoridades do país, cortando o lucro líquido de 2013 da empresa em 235 milhões de dólares para 13,67 bilhões de dólares.

Michael Corbat, presidente-executivo do Citigroup, afirmou que o incidente é um episódio isolado. Os empréstimos ruins foram feitos a uma petroleira mexicana, a Oceanografia, contratada pela estatal mexicana Pemex

PUBLICIDADE

A Oceanografia recebeu empréstimos da unidade mexicana do Citigroup, o Banco Nacional de México ou Banamex, usando pagamentos da Pemex como garantia.

A Banamex descobriu que a empresa terceirizada supostamente falsificou notas fiscais para a estatal mexicana que eram garantia para empréstimos, disse o presidente-executivo do Citigroup.

O banco emprestou cerca de 400 milhões de dólares em empréstimos garantidos por notas falsas.