Do Zero ao Topo especial

CEO do Grupo Sabin discute flexibilização do isolamento e o papel da medicina diagnóstica em live do InfoMoney

Dra Lídia Abdalla fala sobre o cenário atual e como as empresas têm se preparado para retomar as operações

SÃO PAULO – O país ainda registra números crescentes de contaminação e mortes por conta do coronavírus. Mesmo assim, grande parte das cidades flexibilizou as medidas de isolamento social e as empresas começam, aos poucos, a retomada de suas operações. Diante deste cenário, cresce ainda mais o papel dos grupos de medicina diagnóstica no país para detectar casos de coronavírus e evitar uma maior contaminação.

Para falar sobre o assunto, o InfoMoney realiza uma entrevista ao vivo com Lídia Abdalla, presidente do Grupo Sabin, nesta quinta-feira (18). A live acontecerá no Youtube do InfoMoney às 15h30.  Assista e envie suas perguntas no player acima ou clique aqui.

PUBLICIDADE

A entrevista faz parte de uma série especial do podcast Do Zero ao Topo para falar sobre gestão de negócios em tempos de crise.

O Grupo Sabin desenvolveu em fevereiro um teste de Covid-19 e atualmente tem aplicado seu acesso à população por meio dos novos canais de atendimento e parcerias com prefeituras e governos.

Do lado empresarial, a empresa remodelou o sistema de coleta para atender às necessidades das companhias brasileiras de testar seus colaboradores para promover uma reabertura econômica. O serviço engloba a consultoria e a estruturação de protocolos de triagem, monitoramento e testagem para os colaboradores, bem como as recomendações técnicas a partir dos resultados da testagem do grupo populacional da empresa. Confira mais detalhes na live.