RADAR INFOMONEY A expansão da JBS, de olho em carne vegetal, é assunto do programa desta segunda-feira; assista

A expansão da JBS, de olho em carne vegetal, é assunto do programa desta segunda-feira; assista

Expansão

CEO da QGEP sinaliza para mais aquisições na Bacia de Campos

Lincoln Guardado diz que compra de participação em blocos da Petrobras coloca a empresa em posição favorável para novas aquisições

SÃO PAULO – O conhecimento geológico que a Queiroz Galvão Exploração e Produção (QGEP3) obterá pela participação em três blocos da Petrobras (PETR3, PETR4) colocará a companhia em uma posição favorável para realizar outras aquisições na região da Bacia de Campos, declarou nesta quinta-feira (8) o CEO da companhia, Lincoln Guardado, em teleconferência com analistas.

Na última noite a empresa revelou a compra de 30% de participação em três poços da estatal no prospecto Guanabara Profundo, que engloba os blocos C-M-122, C-M-145 e C-M-146, em águas rasas na Bacia de Campos.

Guardado revelou que a perfuração terá início no final do primeiro semestre de 2013, sendo que deverá se estender até o final do ano. O executivo disse que há “evidências sérias de gás”. Apesar disso, o CEO da petrolífera ainda diz que a principal motivação é a descoberta de óleo na região.

“Essa aquisição não é apenas para adquirir dados, (…) vemos uma janela de oportunidades”, complementou Guardado. A área mais próxima com descobertas grandes é a do Parque das Baleias. Embora o executivo não espere encontrar algo igual, ele disse que é possível ter algo parecido.

Embora a Petrobras ainda não tenha estimativas quanto ao custo para a exploração nesses poços em que a QGEP adquiriu participações, esta prevê desembolsar US$ 55 milhões no processo exploratório.