Ajuda

Boeing anuncia produção de máscaras para ajudar no combate ao coronavírus

A empresa também se propôs a ajudar na logística de distribuição de suprimentos

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A Boeing anunciou novas medidas para auxiliar o conter à pandemia global causada pelo novo coronavírus. Entre as novas ações estão a fabricação de máscaras para ajudar os profissionais de saúde e voluntários na linha de frente do combate ao vírus.

A empresa anunciou nesta terça (31) que pretende utilizar os recursos de impressão 3D em cinco fábricas nos Estados Unidos para ajudar na produção do equipamento de proteção.

“Nosso objetivo inicial é fabricar milhares de máscaras por semana, seguidos aumentando a produção gradativamente”, disse a companhia no comunicado.

Aprenda a investir na bolsa

Além da fabricação, a Boeing colocou à disposição dos órgãos governamentais o Dreamlifter, um dos maiores aviões de carga do mundo, para ajudar a transportar suprimentos essenciais e urgentes para os profissionais de saúde.

Após suspender temporariamente as operações na fábrica de Puget Sound, na semana passada, a companhia afirma estar avaliando outras formas de usar sua expertise em engenharia, fabricação e logística para ajudar na causa.

Aprendizados em tempos de crise: uma série especial do Stock Pickers com as lições dos principais nomes do mercado de ações. Assista – é de graça!