Startups

Bill Gates diz que empreendedores não devem ter dias livres e revela seu maior erro

"É verdade que não acreditava em finais de semana nem férias", disse o bilionário

SÃO PAULO – Na última semana, em um evento organizado pelo fundo de venture capital Village Global que reuniu as maiores lideranças do mundo dos negócios, o bilionário e maior investidor da Village, Bill Gates, esteve presente e deu declarações importantes sobre empreendedorismo.

Em uma roda de conversa com Julia Hartz, CEO da startup de organização de eventos Eventbite, Gates discursou sobre como fundar uma empresa e o funcionamento da sua rotina de trabalho durante seu início com a Microsoft, quando o bilionário tinha por volta dos seus vinte anos.

“Particularmente eu não acredito em finais de semana, nem em férias”, disse ele. “Eu sabia a placa do carro de todo mundo, então eu poderia dizer quem entrou e saiu do estacionamento, por exemplo” completa o executivo.

PUBLICIDADE

Gates ainda afirma que ele só começou a relaxar quando atingiu seus trinta e poucos anos, enquanto seu começo foi marcado por muitos sacrifícios. “Eu tenho uma visão bem hardcore em que, principalmente no começo, é fundamental que haja um enorme sacrifício.” 

Atualmente a segunda pessoa mais rica do mundo, Bill Gates possui um patrimônio de aproximadamente US$ 107 bilhões. Ele foi um dos cofundadores da Microsoft e hoje possui 1% da companhia.

Na mesma entrevista, o bilionário ainda afirmou que seu maior erro é não ter criado o Android. Ele disse que o fracasso da Microsoft em criar um sistema operacional de celulares que competisse com o iOS, da Apple, foi um erro de US$ 400 bilhões.

Confira a entrevista na integra:

Quer ter dinheiro para tonar aquela ideia de negócios real? Invista. Abra sua conta gratuita na XP