Não es

Banco do Brasil nega negociações para comprar participação no Brasil Plural

Possível compra pode ter influenciado a queda das ações nesta sessão: queda de 3,02%, aos R$ 24,71 - movimento mais acentuado que seus principais rivais privados

SÃO PAULO – O Banco do Brasil (BBAS3) negou estar comprando participação acionária no Brasil Plural, um banco de imvestimentos. Em ofício enviado à BM&FBovespa, o banco estatal negou estar em tratativas para adquirir participação. 

A coluna do jornalista Ancelmo Gois, no jornal O Globo, havia noticiado que o BB poderia estar interessado em adquirir 49% do banco de investimentos – para fortalecer seu braço nesse segmento. 

Essa notícia pode ter influenciado a queda das ações nesta sessão: queda de 3,02%, aos R$ 24,71 – movimento mais acentuado que seus principais rivais privados, Santander (SANB11, -1,95%, R$ 14,55), Itaú Unibanco (ITUB4, -1,97%, R$ 34,80) e Bradesco (BBDC4, -2,30%, R$ 36,59). O banco estatal também viu a sua ação movimentar mais que a média: R$ 297 milhões, acima da média de R$ 175 milhões das últimas 21 sessões. 

PUBLICIDADE