RADAR INFOMONEY Vale (VALE3) pagará R$ 4,26 em dividendos e JCP; Minerva sobe pós-balanço; Assaí e PDA se separam

Vale (VALE3) pagará R$ 4,26 em dividendos e JCP; Minerva sobe pós-balanço; Assaí e PDA se separam

Conteúdo Patrocinado
Oferecido por Software Express

Avanço do PIX no varejo estimula integrações de instituições financeiras

Lojistas esperam pela proliferação do sistema de pagamento automático recém-lançado; atingir capilaridade com agilidade e segurança é o desafio dos PSPs

arrow_forwardMais sobre

Até a primeira semana de dezembro, mais de 100 milhões de chaves PIX já tinham sido cadastradas no diretório de identificadores de contas transacionais (DICT) do Banco Central do Brasil. A vasta maioria delas são de pessoas físicas interessadas em usar os benefícios da nova forma de pagamento instantâneo oferecido pelas instituições financeiras do Brasil desde meados de novembro.

O sucesso entre as pessoas físicas ainda não atingiu o mesmo patamar entre as contas jurídicas, mas é uma questão de tempo. E de avanço na preparação dos Prestadores de Serviços de Pagamentos (PSPs), que correspondem às instituições financeiras, fintechs e instituições de pagamento.

“O varejo, que trabalha com margens de lucro bem apertadas, tem todo o interesse na proliferação rápida dessa tecnologia”, afirma Rodrigo Climaco, diretor de desenvolvimento de negócios da Fiserv, empresa global, orientada para o mercado de meios de pagamento de grandes instituições financeiras e varejistas.

Integração
Com atuação em mais de 100 países e atendendo cerca de 700 mil clientes no Brasil, a Fiserv está otimista com o avanço do PIX. Por meio de uma de suas divisões, a Software Express, que é líder em soluções de transmissão eletrônica de fundos (TEF) e possui mais de 130 mil lojistas em sua carteira de clientes, a empresa tem suportado bancos, instituições financeiras e de automações e adquirentes na integração ao PIX.

“Nossa proposta é simplificar a aceitação das transações realizadas via PIX pelos estabelecimentos integrados à solução de TEF e Gateway, que já são oferecidas pela Software Express”, conta Climaco.

Já previamente ao lançamento do PIX, a empresa preparou o processo de conexão de seus clientes varejistas, disponibilizando a modalidade àqueles que desejem oferecer o produto em seus equipamentos de captura de transações. Paralelamente, também trabalhou no desenvolvimento de requisitos determinados pelo Banco Central para integrações junto aos bancos, instituições financeiras ou instituições de pagamento.

Com essa integração, o varejo poderá trabalhar com o banco domicílio de sua preferência e manter todas as funcionalidades de operação, gestão e controle já disponíveis nos demais meios de pagamento.

“Com esse modelo, para os lojistas, todo o processo de integração ao sistema é feito por meio da nossa Solução Inteligente para Transferência Eletrônica de Fundos (SiTef), presente em 65% do varejo brasileiro, por meio do qual será possível também aceitar dezenas de carteiras digitais e pagamento por QR Code disponibilizadas hoje ao varejo sem custos adicionais no licenciamento do SiTef”, esclarece Climaco.

Para os PSPs, a boa notícia é que, ao fazer a integração com o sistema da Software Express, ele ganha a capilaridade de atingir milhares de lojistas num único movimento. “Fazendo a integração com nossa solução as instituições financeiras e de pagamentos contam com um sólido grupo multinacional e com uma enorme presença no mercado varejista”, acrescenta o diretor da empresa.

PUBLICIDADE

 

 

Importante: A publicação acima é um conteúdo patrocinado, sendo que a Infostocks Informações e Sistemas Ltda. (“InfoMoney”) não tem qualquer responsabilidade pelo conteúdo e informações disponibilizadas, não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações, não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. O autor ou empresa responsável pelo conteúdo estão indicados na própria publicação.