Será?

Após rumores, Coca-Cola diz que não planeja entrar no mercado de cannabis

Em 2018, a Coca-Cola havia dito que avaliava o mercado de bebidas de cannabis, ajudando a aumentar a demanda por ações de empresas do ramo

arrow_forwardMais sobre

(Bloomberg) — A Coca-Cola agitou o mercado com rumores de que teria planos de explorar o negócio da cannabis.

As especulações surgiram após um vídeo postado no YouTube – que foi excluído – por um usuário com o nome “Gabor the Blind Guy”, mostrando uma lata de Coca-Cola com tampa que dificulta a abertura por crianças. O homem no vídeo diz que seu pai é engenheiro-chefe de uma empresa que “produz máquinas de engarrafamento e tampas para muitas das principais empresas farmacêuticas e de alimentos”.

Ele então diz que a Coca-Cola estaria planejando estrear uma linha de sua bebida clássica no Canadá com extrato de CBD, o ingrediente não psicoativo da maconha que alivia dores, mas não tem efeitos alucinógenos.

PUBLICIDADE

“Esses rumores são falsos”, disse a Coca-Cola em comunicado por e-mail à Bloomberg News. “Como já declaramos muitas vezes, não temos planos de entrar no mercado de CBD.”

Uma cópia salva do vídeo foi postada no fórum WallStreetBets, do Reddit.

Em 2018, a Coca-Cola havia dito que avaliava o mercado de bebidas de cannabis. A notícia aumentou a demanda por ações de empresas como a produtora canadense de maconha Aurora Cannabis. A fabricante de refrigerantes, com sede em Atlanta, chegou a conversar com a Aurora para desenvolver as bebidas, de acordo com relatório da BNN Bloomberg Television.

A Aurora não respondeu às perguntas da Bloomberg News na quinta-feira sobre uma possível parceria com a Coca-Cola.