Coronavírus

Agência reguladora de vacinas da Alemanha afirma que vacinação pode começar em 2021

Semanas depois de ensaiar uma reabertura econômica, a Alemanha vê os números de infecções pelo novo coronavírus aumentarem novamente

SÃO PAULO – Klaus Cichutek, chefe do Instituto Paul Ehrlich (RKI), agência reguladora de vacinas da Alemanha, disse que uma campanha de vacinação contra o novo coronavírus pode começar no país no começo do ano que vem.

Cichutek cita que, com tantas vacinas em desenvolvimento, até o fim deste ano alguma delas deve funcionar e se mostrar seguras.

“Se dados de testes de estágio avançado mostrarem que as vacinas são eficientes e seguras, as primeiras poderiam ser aprovadas no começo do ano, possivelmente com ressalvas”, afirmou Cichutek em entrevista ao jornal Funke.

“Com base nas garantias dos fabricantes, as primeiras doses para pessoas da Alemanha estarão disponíveis a essa altura, de acordo com as prioridades estabelecidas pelo Comitê Permanente de Vacinação”, acrescentou Cichutek, referindo-se ao grupo que faz recomendações para o uso de vacinas licenciadas no país.

Segundo o RKI, cerca de 39% dos casos confirmados do novo coronavírus no país foram importados de outros países. Depois de começar a ensaiar uma reabertura econômica, a Alemanha viu seus casos voltarem a subir, devido a uma possível segunda onda de contágio que atinge o país.

Dados divulgados na última quarta-feira (19), mostraram que o número de casos confirmados do novo coronavírus aumentou em 1.510 e chegou a 226.914 no país.

(com Agência Brasil)

Newsletter InfoMoney – Informações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.