"Vítima"

ADR da Petrobras sobe forte nos EUA e indicam abertura forte na Bovespa

Recibos da petroleira sobem mais de 2% em Nova York e mantêm movimento de alta da véspera

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Os ADRs (American Depositary Receipts) da Petrobras (PETR3; PETR4) negociados no pré-market da Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) têm forte alta nesta quarta-feira (10), indicando uma abertura positiva na BM&FBovespa. Os ADRs subiam 2,32%, a US$ 9,26 no caso dos recibos das ações ordinárias (PBR), às 9h44 (horário de Brasília).

Em destaque, está a entrevista de dois procuradores federais da Operação Lava Jato em Curitiba, que afirmaram ver a Petrobras como vítima e dizem que seria difícil considerar a empresa como autora do esquema multibilionário de propina. Carlos Lima e Deltan Dallagnol são, respectivamente, o estrategista e o coordenador de um grupo de 9 procuradores federais que formam a força-tarefa da Lava Jato. “A Petrobras é vítima pois o caixa dela foi lesado, arca com toda a propina. A gente não encontrou nenhuma evidência de que existia um conluio”, disse Dallagnol. 

O Ministério Público Federal quer que a empreiteira OAS indenize a Petrobras em R$ 211,8 milhões, segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo. A força-tarefa da Operação Lava Jato requereu à Justiça Federal, em alegações finais, a condenação da cúpula da empreiteira por organização criminosa, lavagem de dinheiro e corrupção passiva.

Aprenda a investir na bolsa

Além disso, no mercado de commodities, o barril do petróleo WTI (West Texas Intermediate) sobe 2,44%, a US$ 61,61 ao passo que o barril do Brent sobe 1,8%, a US$ 66,05.

ADR é a sigla em inglês para “American Depositary Receipt”, que na prática seria como um “recibo de ação” negociado nas bolsas dos Estados Unidos. Esse recibo representa um ativo da empresa emissora, que fica em custódia em um banco contratado pela mesma empresa. Dessa forma, o recibo da ação precisa replicar o valor desta mesma ação em seu respectivo mercado de origem, com a única diferença de que os ADRs são negociados em dólares.