Energia

Acionistas da Taesa aprovam desdobramento de ações

Desdobramento será na proporção um para três; Papéis passam a ser negociados na forma "ex" a partir de amanhã

linhas-de-transmissao-de-energia-eletrica-2

SÃO PAULO – Acionistas da Taesa (TAEE11) aprovaram nesta terça-feira (4), em assembleia geral extraordinária, o desdobramento da totalidade das ações da companhia. De acordo com a proposta, cada ação, ordinária ou preferencial, representada ou não por certificados de depósito de ações (units), será desdobrada em três ações da mesma espécie.

Serão automaticamente constituídas em units as ações decorrentes do desdobramento de ações, guardada a proporção uma ação ordinária e duas preferenciais por unit, observado que as ações que não estão constituídas em units serão creditadas diretamente aos acionistas, sem emissão de units. 

Segundo a empresa, o desdobramento não acarretar qualquer efeito patrimonial, não existindo assim qualquer mudança na proporção entre ações ordinárias e preferenciais. Em razão do evento, o capital social da empresa passará a ser representado por 1,033 bilhão.

A partir da próxima quarta-feira (5), as ações e as units serão negociadas na forma “ex”, sem direito ao desdobramento.

As ações TAEE11 fecharam o pregão em forte alta de 5,43%, aos R$ 68,79 – próximo ao patamar máximo do dia, de valorização de 5,69%, sendo cotadas a R$ 68,96 -, enquanto o Ibovespa caiu 1,12%, aos 57.548 pontos.