Serviços em destaque

Ação da Apple dobra em um ano com dados “impressionantes”

Virada para os serviços vem se mostrando bem-sucedida

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Após divulgar dados positivos em relatório de vendas, a Apple saltou 1,3% nesta quarta-feira (8) na Nasdaq. Esse pregão resulta numa alta acumulada de 100,9% nos últimos 12 meses.

Em relatório, a fabricante do iPhone demonstra uma bem-sucedida migração para o segmento de serviços enquanto as vendas de hardware decrescem. A receita geral desse segmento subiu 16%, para US$ 46,3 bilhões, no ano fiscal encerrado em setembro de 2019. Já as vendas de iPhones caíram 14%, para US$ 142,4 bilhões.

Vale lembrar que 2019 marcou a verdadeira mudança de estratégia da empresa, que lançou uma série de serviços aos usuários, incluindo uma plataforma de streaming (Apple TV+), um hub de games (Arcade) e um cartão de crédito (Apple Card).

Leia também:
• Como comprar ações da Apple; passo a passo para investir

Durante o período de festas de fim de ano, as vendas da App Store, sua plataforma de downloads de aplicativos, somaram US$ 1,42 bilhão, alta de 16% ante o mesmo período de 2018. Só em 1º de janeiro, a alta foi de 20%.

O analista Dan Ives, da casa de análise Wedbush, classificou o crescimento como “impressionante”. Ele celebra a força da “monetização da jóia instalada em 925 milhões de iPhones ao redor do mundo”, a App Store em si. Em sua avaliação, a alta da ação também mostra que o mercado está finalmente “avaliando propriamente” o potencial do segmento de serviços da companhia.

Seja sócio das maiores empresas da Bolsa sem pagar corretagem. Abra uma conta na Clear.