11 melhores livros de negócios para ler em 2023, segundo os maiores empreendedores do Brasil

Veja quais foram os livros recomendados durante este ano para quem já empreende ou pretende empreender em 2023

Rafaella Bertolini

Publicidade

O brasileiro lê, em média, 4,96 livros ao ano, de acordo com o dado mais recente do Instituto Pró-Livro, que faz esse levantamento. Entre empreendedores e executivos de grandes companhias, o número costuma ser maior. Bill Gates, por exemplo, já afirmou que, durante as férias, costuma ler cerca de três horas por dia, enquanto o investidor Warren Buffett recomenda que as pessoas que buscam sucesso leiam cerca de 500 páginas por dia.

Para quem está buscando dicas de leitura, os homens e mulheres por trás das maiores empresas do Brasil e do mundo que passaram pelo podcast Do Zero ao Topo em 2022 sugeriram muitos livros. Os títulos mesclam os temas mais pertinentes ao empreendedor: da abertura do negócio, desafios e crises, até a construção da cultura corporativa. Confira a lista a seguir.

Feitas para durar, de Jerry I. Porras (Editora Alta Books)

Continua depois da publicidade

“É o livro que eu recomendo para todo empreendedor. Ele consegue encontrar padrões que diferenciam empresas do mesmo setor que cresceram 10 vezes e outras que não”, diz Vitor Torres, CEO e fundador da Contabilizei. A obra de Jerry I. Porras se dedica a compreender as principais características da sobrevivência e sucesso de grandes empresas do mundo.

O Lado difícil das situações difíceis, de Ben Horowitz (Editora Martins Fontes)

Este livro, que já é considerado um clássico do mundo dos negócios, traz o cofundador do fundo de venture capital Andreesen Horowitz, ou a16z, e empreendedor Ben Horowitz. Na obra, o autor usa histórias empresariais antigas e recentes para mostrar como é possível construir uma cultura corporativa resiliente. Para Horowitz, a cultura é o modo como a empresa toma decisões e é o conjunto de pressupostos no qual os funcionários se baseiam para resolver os problemas do cotidiano.

Gestão de Alta Performance, de Andrew S. Grove (Editora Benvirá)

O objetivo do livro “Gestão de Alta Performance” é ensinar tudo o que um gestor precisa saber sobre como criar e sustentar uma empresa de alto rendimento. A obra foi escrita por Andrew Grove, que por mais de trinta anos atuou na Intel, tanto como CEO quanto como presidente do conselho.

Pai Rico, Pai Pobre, de Robert Kiyosaki (Editora Alta Books)

“Pai Rico, Pai Pobre” é um dos livros mais famosos entre quem está aprendendo a cuidar do próprio dinheiro e gerir seu negócio. A obra de Robert Kiyosaki é uma das leituras indicadas pela empreendedora e investidora-anjo Camila Farani.

Os Segredos da Mente Milionária, de T. Harv Eker (Editora Sextante)

Seguindo uma linha mais voltada ao desenvolvimento pessoal e também às finanças, Eker procura ensinar um método para administração financeira e lista alguns hábitos de pessoas bem-sucedidas.

Dar e Receber, de Adam Grant (Editora Sextante)

Adam Grant, pesquisador e professor da Wharton School, reúne suas conclusões baseadas na série de pesquisas feitas sobre os motivos pelos quais algumas pessoas chegam ao topo da escala de sucesso, enquanto outras não.

Sonho Grande, de Cristiane Correa (Editora Primeira Pessoa)

O livro mergulha na história empresarial de Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Beto Sicupira. Além disso, narra como os três principais acionistas da Ambev (ABEV3) chegaram no topo do ramo empresarial brasileiro e colecionam feitos como a compra das marcas americanas conhecidas globalmente: Budweiser, Burger King e Heinz. A autora da obra, a jornalista Cristiane Correa, foi uma das primeiras convidadas do podcast Do Zero ao Topo, e compartilhou as principais características dos empresários brasileiros que construíram as maiores empresas do país.

Do sonho à realização em 4 passos, de Steven Blank (Editora Évora)

“Do sonho à realização em 4 passos” é voltado para todos aqueles que desejam inaugurar um novo produto no mercado. O livro traz o passo a passo de uma estratégia amplamente testada por muitos empreendedores, executivos e líderes em vários países para estruturar vendas, marketing e o desenvolvimento de negócios de um novo produto ou empresa.

Capitalismo Consciente, de John Mackey e Raj Sisodia (Editora Alta Books)

“A obra aborda a importância da responsabilidade (da empresa) para com o mundo”, aponta Ana Oliva Bologna, presidente do Conselho da Astra e da Japi, que participou do episódio 140 do podcast. “Capitalismo Consciente”. John Mackey, um dos fundadores do Whole Foods Market, e Raj Sisodia, professor de marketing da Universidade de Bentley, descrevem a importância da dedicação dos líderes e do comprometimento do demais profissionais com essa proposta inovadora, para o bem da realidade corporativa e da sociedade como um todo.

O Mais Importante para o Investidor, de Howard Marks (Editora Edipro)

Rafael Sales, CEO da Aliansce Sonae (ALSO3), a maior administradora de shoppings do Brasil, diz que o livro de Howard Marks ensina o empreendedor a ser certeiro e saber “discernir o que é ruído, do que é o cerne do problema”. Para além do mundo dos negócios, a obra se tornou referência para grandes investidores mundiais do mercado financeiro, como Warren Buffet, Joel Greenblatt, Ray Dalio, entre outros.

Minha Primeira Startup, de Jean Malaquias (Editora Soul)

Jean Malaquias, cofundador da PouPay+, relata no livro “minha Primeira Startup” os detalhes da abertura de uma startup e como transformar os obstáculos do caminho em obras impulsionadoras para concretização do sonho.

Rafaella Bertolini

Editora de redes sociais do Stock Pickers e Do Zero ao Topo. Escreve reportagens sobre empreendedorismo, gestão, inovação e mercados para o InfoMoney.