Maior disseminação de gripe aviária nos EUA pode aumentar risco de infecção humana

O risco para a saúde pública é considerado baixo, mas autoridades estão alertas para aumento de contaminação

Reuters

Ilustração com tubos de ensaio com as palavras "Gripe aviária" em frente a uma bandeira dos EUA 
10/06/2024
REUTERS/Dado Ruvic
Ilustração com tubos de ensaio com as palavras "Gripe aviária" em frente a uma bandeira dos EUA 10/06/2024 REUTERS/Dado Ruvic

Publicidade

Uma disseminação ainda maior da gripe aviária no gado leiteiro dos Estados Unidos pode representar chances adicionais de infecções em humanos, disseram nesta quinta-feira (13) autoridades federais, enquanto pediam aos produtores que intensifiquem suas medidas de biossegurança para conter o vírus.

A gripe aviária foi identificada em rebanhos de 12 estados desde março, segundo o Departamento de Agricultura dos EUA.

Aprenda a receber até 200% acima da poupança tradicional sem abrir mão da simplicidade e da segurança 

Continua depois da publicidade

Atualmente, o risco para a saúde pública é considerado baixo, embora uma maior disseminação do vírus possa aumentar esse risco, afirmou Nirav Shah, vice-diretor do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos.

“Quanto mais infecções entre vacas, maior o risco de ocorrer infecções em humanos”, avaliou.

Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC) monitorou mais de 500 pessoas e realizou testes em pelo menos 45 delas durante a atual epidemia, disse Shah.

Continua depois da publicidade

Três funcionários de fazendas leiteiras testaram positivo desde que o vírus passou a circular nos rebanhos. Os EUA e a Europa estão preparando vacinas que podem ser usadas para proteger os trabalhadores neste ano.

Perguntado se o CDC deveria realizar testes em pessoas assintomáticas que tiveram contato com o vírus, Shah afirmou que a agência está confiante na sua atual estratégia.

Kammy Johnson — uma epidemiologista veterinária do Departamento de Agricultura dos EUA — disse que a disseminação da doença pelas fazendas deve estar ocorrendo por causa da movimentação animal, ao compartilhamento de funcionários e de veículos e equipamentos usados em várias fazendas.

Continua depois da publicidade

Práticas de biossegurança, como limpar equipamentos e limitar a movimentação de animais doentes, são importantes para conter o vírus, afirmou Johnson.

Duas dezenas de empresas estão neste momento em diferentes estágios do desenvolvimento de uma vacina contra gripe aviária para o gado, disse à Reuters, na quarta-feira, o secretário da Agricultura norte-americano, Tom Vilsack.