Irã começa a se despedir de Ebrahim Raisi; enterro será na 5ª feira

Corpos dos integrantes da comitiva do presidente chegam a Teerã nesta terça-feira para homenagens e orações; amanhã, dia do cortejo fúnebre, será feriado em todo o país

Roberto de Lira

Publicidade

O Irã começou nesta terça-feira (21) uma série de cerimônias fúnebres para se despedir do presidente Ebrahim Raisi, que morreu num acidente de helicóptero no domingo. O sepultamento está marcado para a quinta-feira, na cidade santa Mashhad, onde ele nasceu.

As homenagens começaram nesta manhã, quando um multidão se reuniu em Tabriz, na província do Azerbaijão Oriental, a mesma região onde o helicóptero se acidentou que transportava a comitiva do presidente se acidentou.

Nesta tarde, será realizada ainda uma cerimônia fúnebre na cidade de Qom, no santuário de Hazrat Masoumeh. À noite, começam as homenagens e orações na Grande Mesquita Mosalla de Teerã.

Continua depois da publicidade

Na manhã de quarta-feira, acontece o cortejo fúnebre nas ruas da capital, com trajeto entre a Universidade de Teerã até a Praça Azadi. Uma cerimônia com a presença de convidados estrangeiros está programada para a tarde.

A cerimônia de despedida da população na província de Khorasan do Sul acontece a partir das 8h em Birjand e o sepultamento do presidente Ebrahim Raisi está marcado para o meio-dia, em Mashhad.

Segundo a agência de notícias oficial Irna, foi declarado feriado oficial para todo o país na quarta-feira e, nas províncias onde se realizam os funerais,, a decisão relativa a folgas e férias será tomada com a discricionariedade dos governadores.

Continua depois da publicidade

Além disso, todas as provas e exames nas escolas serão cancelados até ao final desta semana e a nova data será anunciada pelo Ministério da Educação.