Furacão Beryl atinge costa do México após causar destruição em ilhas do Caribe

A tempestade, que deve trazer consigo ondas potencialmente perigosas, está levando ventos de até 175 km/h

Reuters

Furacão Beryl atinge Cancún (REUTERS/Paola Chiomante)
Furacão Beryl atinge Cancún (REUTERS/Paola Chiomante)

Publicidade

O furacão Beryl, uma tempestade de categoria 2, atingiu os principais destinos turísticos do México nesta sexta-feira (5), acionando um alerta vermelho na região após seu rastro mortal de destruição em várias ilhas do Caribe.

A tempestade, que deve trazer consigo ondas potencialmente perigosas, está levando ventos de até 175 km/h, informou o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC, na sigla em inglês), ao entrar no nordeste de Tulum, na Península de Yucatán.

O furacão Beryl, o primeiro da temporada atlântica de 2024, chegou a ser uma tempestade de categoria 5. Os cientistas acreditam que ele está sendo fomentado pelas mudanças climáticas.

Continua depois da publicidade

O Beryl estava a cerca de 10 km a leste de Tulum, um popular destino turístico mexicano.

As condições de furacão estão afetando a Península de Yucatán, e um alerta de furacão foi emitido para a costa de Puerto Costa Maya a Cancún.

A agência de proteção civil do México emitiu um alerta vermelho, indicando uma ameaça de perigo máximo. A agência aconselhou os moradores a permanecerem em suas casas ou buscarem refúgio em abrigos contra tempestades.

Continua depois da publicidade

O presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, seguiu essa orientação, pedindo que as pessoas no caminho da tempestade busquem abrigo. Ele enfatizou a importância de priorizar a vida em relação aos bens materiais em uma publicação nas redes sociais.

Antes de chegar ao México, o furacão Beryl causou estragos no Caribe. Ele já varreu Jamaica, Granada, São Vicente, Granadinas e o norte da Venezuela, causando pelo menos 11 mortes, derrubando edificações e arrancando árvores.

O número de mortos pode aumentar à medida que mais informações forem disponibilizadas.

Continua depois da publicidade

Espera-se que o furacão Beryl se enfraqueça rapidamente ao cruzar a Península de Yucatán, mas a previsão é de que recupere força ao passar pelo Golfo do México. O NHC prevê que a tempestade se deslocará em direção ao nordeste do México e ao sul do Texas no final do fim de semana.