TV a cabo ou Netflix?

TV por assinatura perde 1,4 milhão de clientes em 12 meses

Anatel registra redução de 6,7% em domicílios brasileiros cancelaram sua assinatura de TV a cabo. Em contrapartida, a banda larga cresceu 5,49% nos últimos doze meses

SÃO PAULO – De acordo com números divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o Brasil registrou 16,82 milhões de domicílios com acesso à TV por Assinatura em maio de 2019, o que representa uma redução de 1,4 milhão de assinaturas nos últimos 12 meses.

Praticamente metade dos domicílios recebem o sinal da TV paga pelo Grupo Claro (NET), num total de 8,29 milhões (49,26%); outros grandes prestadores de telecomunicações presentes no segmento são a SKY, com 5,05 milhões (29,99%); a Oi, com 1,59 milhão (9,45%); e a Vivo com 1,48 milhão (8,82%).

Dessas prestadoras, apenas a Oi apresentou crescimento nesses últimos 12 meses. O volume de assinaturas cresceu em 60 mil domicílios (+3,93%). Já Sky, Vivo e Claro tiveram, respectivamente, uma redução de 222 mil (-4,22%), 116 mil (-7,31%) e 668 mil (-7,46%).

PUBLICIDADE

Na variação mensal, de abril a maio de 2019, o serviço de TV por Assinatura apresentou uma redução de 245,59 mil domicílios (-1,44%). Todos os grupos acompanhados pela Anatel apresentaram queda no volume de assinaturas.

Na contramão da TV por Assinatura, a banda larga cresceu 5,49% nos últimos 12 meses e hoje se faz presente em 31,83 milhões de lares brasileiros, de acordo com o levantamento da Anatel no mesmo mês.

Dentre os três maiores grupos de telecomunicações atuantes na banda larga fixa, a Claro manteve a maior participação de mercado com 9,52 milhões de domicílios atendidos (29,9%) e é seguida pela Vivo com 7,43 milhões (23,33%) e pela Oi com 5,79 milhões (18,2%).

Nos últimos 12 meses, apenas a Claro e a TIM registraram crescimento no número de domicílios atendidos, de 366,51 mil (+4,01%) e de 82,51 mil (+18,89%), respectivamente. A Vivo apresentou redução de 152,07 mil (-2,01%), a Oi de 411,80 mil (-6,64%) e a SKY de 61,63 mil (-17,23%).

Na variação mensal, de abril a maio de 2019, o serviço de banda larga registrou um aumento de 12,73 mil domicílios atendidos (+0,36%). Novamente, apenas TIM e a Claro, com mais 7,88 mil (+1,54%) e mais 30,91 mil (+0,33%), respectivamente, apresentaram crescimento no número de domicílios.

A Vivo teve redução de 40,25 mil (-0,54%), a Oi contou menos 34,46 mil (-0,59%) e, a Sky, menos 17,68 mil (-5,63%).

PUBLICIDADE

Os números de banda larga fixa e do Serviço de TV por Assinatura estão disponíveis no Portal da Anatel.

Quer ter dinheiro para melhorar seus planos de assinatura e banda larga? Invista. Abra sua conta gratuita na XP.