Em minhas-financas / turismo

NASA gastará até US$ 30 bilhões para possibilitar exploração espacial

A agência já declarou que receberá um pouco mais de US$ 20 bilhões por ano até 2024 com o turismo espacial

SpaceX e Lua
(Reprodução/Twitter)

SÃO PAULO - Nessa última quinta-feira (13), o administrador da NASA, Jim Bridenstine, disse à CNN que esse custo exorbitante de US$ 30 bi será um adicional a todas as despesas da agência de exploração espacial. 

“Quando falamos de 20, 30 bilhões de dólares, seriam 20, 30 bilhões a mais do orçamento da NASA”, disse Bridenstine. “Mas claro que esse custo será dividido pelos próximos cinco anos”, completa o executivo. 

Já existem, também, planos para que a iniciativa privada comece a exploração espacial, o que seria uma ajuda financeira importante para NASA. A agência já declarou que receberá um pouco mais de US$ 20 bilhões por ano até 2024 com o turismo espacial. 

O governo Trump, originalmente, tinha planos a para voltar à lua em 2028, mas disse que gostaria acelerar o programa em quatro anos. Para viabilizar o adiantamento da missão, o presidente prometeu aumentar em US$ 1,6 bilhões o orçamento anual da agência em 2020. 

Conseguir voltar para a Lua será muito importante. Quando falamos de ir para Marte, temos que levar em consideração que os dois planetas só estão do mesmo lado do Sol, alinhados para que possa realizar a viagem, uma vez a cada 26 meses. Ir pra Marte significa ficar no espaço por mais de dois anos”,explica Jim.

“Não podemos aprender como morar e trabalhar no espaço, em outro planeta, começando por Marte. O custo e os riscos seriam muito mais altos", completa em entrevista à CNN.

A NASA planeja mandar duas pessoas para a Lua, um homem e uma mulher. Um feito inédito, pois seria a primeira mulher pisando na Lua na história da humanidade. Ir à Lua pela segunda vez faz parte de um ambicioso plano da companhia chegar a Marte em 2030.

Diferentemente da missão do Apollo 11, em 1969, a NASA planeja criar uma “presença sustentável e permanente” até no máximo 2028, “os seres humanos estão indo à lua para ficar”. 

Bridenstine disse ainda que está negociando com a administração sobre o orçamento necessário e que se preocupa que precisará convencer os legisladores americanos a aderirem à ideia. 

A missão foi batizada de Artêmis, que na mitologia grega, é a irmã gêmea de Apollo, nome usado para as últimas missões à lua. “Futuros astronautas não ficarão apenas andando na lua, vamos explorar mais a lua do que jamais imaginamos”, relata a NASA. 

Quer ter dinheiro para visitar Marte? Invista. Abra sua conta na XP - é grátis. 

 

Contato