Bancos

Taxas de juros do crédito pessoal recuam em quatro grandes bancos do país

Segundo o Procon-SP, taxa média do cheque especial ficou em 7,92% a.m.; empréstimo pessoal teve redução de apenas 0,01 p.p

Juros

SÃO PAULO – As taxas médias de juros do empréstimo pessoal e do cheque especial recuaram em novembro, na comparação com outubro, segundo mostra pesquisa divulgada nesta quarta-feira (14) pela Fundação Procon-SP.

De acordo com o levantamento, a taxa média de juros do cheque especial diminuiu 0,08 ponto percentual, ao passar de 8,00% ao mês, em outubro, para 7,92% ao mês, em novembro. Entre os bancos pesquisados, Bradesco, Itaú e HSBC reduziram suas taxas em 0,02 ponto percentual cada, no período analisado. Já o Safra teve redução de 0,50 ponto percentual.

Empréstimo pessoal
No que diz respeito à taxa média do empréstimo pessoal, a pesquisa mostra que houve uma redução de 0,01 p.p., passando de 5,36% a.m. em outubro deste ano para 5,35% a.m. em novembro.

PUBLICIDADE

O estudo verificou a cobrança em sete grandes bancos do País, tomando para comparação o empréstimo pessoal para um período de 12 meses e o cheque especial para 30 dias.

Por banco
Dos bancos analisados, as menores taxas para empréstimo pessoal neste mês podem ser encontradas na Caixa Econômica Federal, de 3,88% ao mês. Por outro lado, o Itaú apresentou a maior taxa para essa modalidade de crédito em novembro, de 6,56% ao mês.

No caso do cheque especial, a Caixa Econômica Federal também tem a menor taxa dentre os bancos analisados pelo Procon, de 4,27% ao mês, enquanto o Santander apresenta a maior taxa da modalidade, de 9,87% ao mês.

As tabelas abaixo mostram os juros cobrados nas instituições pesquisadas em novembro de 2012 para o empréstimo pessoal e para o cheque especial:

BancoEmpréstimo PessoalCheque Especial
*Procon-SP
Itaú6,56%8,75%
Santander5,91%9,87%
Bradesco6,17%8,76%
HSBC5,77%9,82%
Safra4,90%8,25%
Banco do Brasil

4,27%

5,70%
Caixa Econômica Federal3,88%4,27%