Souza Cruz lucra 10% a mais nos primeiros nove meses do ano

Nos nove meses de 2008, empresa vende 58,1 bilhões de cigarros, mesmo com reajuste nos preços e redução no mercado

SÃO PAULO – A Souza Cruz (CRUZ3) registrou lucro líquido de R$ 852,4 milhões nos nove primeiros meses de 2008, segundo relatório divulgado pela empresa após o fechamento de quarta-feira (29).

O montante representa um crescimento de 10,6% frente ao mesmo intervalo de 2007, quando ela lucrou R$ 771 milhões. O Ebitda (geração operacional de caixa) avançou 0,9%, atingindo R$ 1,197 bilhão no acumulado do ano.

Na mesma base de comparação, o resultado financeiro foi positivo em R$ 48,5 milhões, 8% superior ao apresentado em 2007. “Essa variação é decorrente do aumento da receita de variação cambial sobre os ativos líquidos, que compensou a menor receita com aplicações financeiras”, afirmou a empresa.

Desempenho das vendas

Nos nove primeiros meses do ano, a Souza Cruz vendeu 58,1 bilhões de cigarros, volume 0,5% maior do que o apurado no mesmo período de 2007. Os investimentos na expansão da distribuição foram um fator decisivo, que “permitiu alavancar oportunidades de mercado”.

O crescimento foi considerado bastante expressivo, dado o reajuste nos preços de 11% entre os dois períodos, além da redução de 1,8% no mercado de cigarros no Brasil – segundo estimativas. Até o final de setembro, a companhia não tinha operações de derivativos financeiros em aberto.