Startup

Site ajuda patrões na gestão de pagamentos de empregados domésticos

Preço do serviço é de 6% sobre o total da folha de pagamento

Por  Gladys Ferraz Magalhães

SÃO PAULO – Um mês após a promulgação da chamada PEC das Domésticas chega ao mercado brasileiro um site para ajudar os patrões na gestão de pagamentos dos empregados domésticos.

Batizado de Pagga Domésticos, a plataforma permite que os empregadores realizem, por meio de um boleto único, o crédito de salários e horas extras, recolhimento de encargos e contratação de benefícios, tudo conforme a Emenda Constitucional 72/2013.

O preço do serviço é de 6% sobre o total da folha de pagamento, que será pago por meio de boleto bancário. “Somos uma ferramenta que beneficia o empregador e o empregado, já que para o primeiro eliminamos completamente qualquer dificuldade em calcular e pagar a folha de pagamento e, para o segundo, somos a segurança de que o salário, horas extras, INSS e FGTS serão recolhidos rigorosamente de acordo com a legislação e sempre no prazo”, diz o CEO do Pagga Domésticos, Armando Ribeiro.

Como funciona
Para utilizar os serviços oferecidos pela plataforma, basta que o empregador faça um cadastro dos próprios dados e do empregado. O sistema calculará automaticamente e alguns dias antes do pagamento do salário, o patrão receberá um boleto único com o valor do salário, encargos e benefícios somados.

Mediante o pagamento pelo empregador, o site automaticamente credita o salário na conta bancária do funcionário, recolhe o INSS, o FGTS e o Imposto de Renda retido na fonte, além de carregar o vale transporte do trabalhador. No caso do empregado não possuir conta em banco, a plataforma envia um cartão recarregável para que o saque do salário seja efetuado em caixas eletrônicos.

O Pagga Domésticos (www.paggadomesticos.com.br) pretende, em 18 meses, processar o pagamento de 100 mil empregados em todo o Brasil.

Compartilhe