EXPERIMENTE!

Clique e experimente a
versão rápida do

Em minhas-financas / seguros

Brasil cai no ranking mundial de preparo para a aposentadoria

Brasileiro está mais descrente com a aposentadoria e segue na contramão da média global

Risco queda
(Shutterstock)

*Escrito por Mongeral Aegon

Os brasileiros estão menos preparados para a aposentadoria neste ano em relação a 2016. Esta é a constatação do Índice Aegon de Preparo para a Aposentadoria (ARRI), divulgado na Pesquisa de Preparo para a Aposentadoria, elaborada pelo Instituto de Longevidade Mongeral Aegon em parceria com outros dois centros mundiais para a longevidade do grupo Aegon.

O resultado brasileiro está na contramão da média global, que apresentou uma melhora no preparo para aposentadoria em 12 dos 15 países pesquisados. Na lista das nações que registraram queda no ARRI junto com o Brasil estão a França e a Alemanha.

“O Brasil foi o país que apresentou a maior queda em relação ao ano passado. Saímos da nota 6,71 para 6,43. Em consequência disso, caímos uma posição do ranking global, o que nos deixou na terceira colocação”, explica Leandro Palmeira, superintendente de Projetos Estratégicos do Grupo Mongeral Aegon.

Alguns ainda depositam a responsabilidade na Previdência Social

Um dos motivos que justifica a diminuição da nota do ARRI no país é a composição da renda na aposentadoria. A pesquisa revela que os brasileiros esperam que 49% de suas receitas ao se aposentarem venha do governo, através da previdência oficial pública; 28% de investimentos próprios, com planos de PGBL e VGBL, por exemplo; e 23% do empregador, por meio de fundos de pensão.

“No início do ano, os debates referentes à Reforma da Previdência ganharam força no Congresso Nacional. Como o brasileiro acredita que quase metade da sua renda na aposentadoria virá do INSS, é natural que mudanças nas regras atuais possam afetar o grau de preparo para a hora do descanso”, comenta Palmeira.

A maioria ainda não sabe como se planejar

Embora o relatório aponte que 52% dos brasileiros sintam-se responsáveis em garantir uma renda suficiente para a aposentadoria, apenas 21% dos pesquisados afirmaram terem um plano formal para o planejamento financeiro para o momento de parar de trabalhar. Outro dado que chama atenção é que só 16% dizem estar muito bem preparados e já guardam o suficiente.

Mesmo com este cenário, a pesquisa traz que 34% dos brasileiros acreditam que estão no caminho de garantir a renda necessária, e que 37% se certificam que estão poupando para a aposentadoria. Dentre os motivos listados para iniciar o planejamento, o atingimento de uma determinada idade foi citado por 41%, e 22% citaram como justificativa a formação de uma família.

A pesquisa também questionou sobre o preparo financeiro caso a pessoa fique impossibilitada de trabalhar antes da idade planejada para a aposentadoria, revelando que 43% dos brasileiros afirmam que estão preparados. Dentre as formas listadas para compor esta renda estão as próprias economias (59%), dependência financeira de cônjuge (30%) e troca de residência para uma menor (20%).

Como planejar a aposentadoria ideal

Muita gente tem dificuldades na hora de começar uma reserva financeira. Se este é o seu caso, aqui vão algumas dicas para que você possa manter seu padrão de qualidade de vida quando parar de trabalhar.

É necessário entender também que um preparo ideal para aposentadoria não significa só investir em uma previdência privada. Ela também é importante, mas para estar realmente preparado o ideal é que você também tenha um seguro de vida com coberturas que podem garantir uma reserva caso algo aconteça ao longo do caminho.

Comece o quanto antes

Entrou no mercado de trabalho? Então já é hora de começar a poupar. Aproveite enquanto ainda não tem tantas responsabilidades com a educação dos filhos ou contas da casa para dedicar parte do orçamento para os seus planos futuros. E os planos podem ser amplos, desde se tornar um empreendedor até viajar o mundo.

Nunca é tarde

Mesmo que você não tenha começado uma reserva e já esteja no final da sua carreira, não desista. Sempre é tempo para começar. A única sugestão é que você comece a guardar um pouco mais, já que tem menos tempo para se preparar.

Tenha um seguro de vida no seu planejamento

Por que um seguro de vida é importante para a sua aposentadoria? Vamos supor que você começou a guardar dinheiro na previdência privada, ou qualquer outro investimento, e de repente você sofre um acidente que faz com que se ausente do trabalho mais do que esperava ou tenha que se aposentar por invalidez. Nesse caso, o seguro garantiria a renda contratada ou uma reserva, já que você não teve tempo suficiente para juntar o dinheiro que precisava e não pode depender da Previdência Social.

Contato