Em minhas-financas / seguros

Lucro da Itausa sobe 13% em 2003, impulsionado por área financeira

Melhoras no segmento financeiro e de seguros impulsionam resultado; lucro da área de seguros e previdência dobrou

v class="show-for-large id-0 cm-clear float-left cm-mg-40-r cm-mg-20-b" data-show="desktop" data-widgetid="0" style="">
SÃO PAULO - A Itaúsa Investimentos, holding que controla o Banco Itaú, a Itaú Seguros Previdência e Capitalização, além de outras empresas, como a Elekeiroz, Duratex e Itautec, anunciou nesta terça-feira seus resultados referente ao ano de 2003.

O conglomerado Itaúsa anunciou lucro líquido de R$ 3,277 bilhões em 2003, resultado 13% acima do obtido no mesmo período do ano passado, que ficou em R$ 2,90 bilhões. Já a rentabilidade anualizada sobre o patrimônio líquido foi de 22,20% abaixo dos 24,50% registrado em 2002.

Área financeira impulsiona resultado
A maior contribuição para os resultados da holding ficou novamente com a área financeira e de seguros, que mostrou forte lucro no período. No acumulado de 2003, o lucro consolidado do Banco Itaú atingiu R$ 3,15 bilhões, contra R$ 2,38 bilhões em 2002, um aumento de 32,6%.

Já a Itaú Seguros, Previdência e Capitalização obteve lucro líquido de R$ 664,6 milhões, superando em 99,8% os ganhos de R$ 332,6 milhões registrados no acumulado de 2002. Este segmento apresentou a melhor rentabilidade sobre patrimônio, atingindo 27,38% contra 26,53% do Banco Itaú.

Duratex lidera ganhos na área industrial
Dentro da área industrial, o maior lucro ficou com a Duratex, que, apesar de não repetir o lucro líquido de R$ 71,7 milhões no ano de 2002, registrou ganhos de R$ 64 milhões no ano passado.

Já o lucro da Elekeiroz subiu de R$ 37 milhões para R$ 37,2 milhões no mesmo período, enquanto a Itautec Philco registrou lucro de R$ 10,4 milhões, contra um lucro líquido de R$ 53,3 milhões em 2002.

Papéis da Itaúsa fecham em alta
Em um pregão de queda na Bovespa, a ações preferenciais da Itaúsa (ITSA4) encerraram em baixa de 1,97% cotadas a R$ 3,47.

No ano, as ações da holding acumulam alta de 2,13%, frente à valorização de 5,43% do índice InfoMoney do setor conglomerados (SETHOL) e à alta de 1,97% do Ibovespa no mesmo período.

 

Contato