Em minhas-financas / seguros

Lucro líquido do Bradesco soma R$ 1,72 bilhão e recua 9,6% no primeiro trimestre

Patrimônio líquido encerrou o período com R$ 35,30 bilhões; ativos totais registraram saldo de R$ 482,14 bilhões

v class="show-for-large id-0 cm-clear float-left cm-mg-40-r cm-mg-20-b" data-show="desktop" data-widgetid="0" style="">
SÃO PAULO - Dando início à temporada de resultados oficiais dos principais bancos brasileiros, o Bradesco (BBDC4) apresentou nesta segunda-feira (4) os principais números obtidos no primeiro trimestre de 2009.

Entre janeiro e março, o lucro líquido do banco somou R$ 1,72 bilhão, um recuo de 9,6% em relação ao mesmo período do ano passado. Desse montante, R$ 1,07 bilhão foi proveniente das atividades financeiras e R$ 650 milhões gerados pela parte de seguros e previdência.

O patrimônio líquido encerrou o período com R$ 35,30 bilhões, avanço de 7,3% em relação ao registrado na temporada de 2008.

Os ativos totais em março deste ano registraram saldo de R$ 482,14 bilhões, um crescimento de 35,6% em relação ao mesmo período do ano passado.

Crédito
A carteira de crédito ampliado (avais, fianças, valores a receber com cartões de crédito e cessão de crédito) atingiu o montante de R$ 214,29 bilhões, apresentando evolução de 26,5% em relação a igual período do ano anterior.

As operações com pessoas físicas totalizaram R$ 73,63 bilhões, avanço de 18,3%, enquanto que as operações com pessoas jurídicas cresceram 31,2% na mesma base de comparação, ao atingir R$ 140,66 bilhões.

 

Contato