Imóveis

Retorno com imóveis comerciais cresce 2,46% no 3º trimestre, mostra SiiLa; destaque é para setor logístico

De acordo com a plataforma, o segmento de escritórios ainda está indefino e shoppings mantêm estabilidade

Por  Wellington Carvalho -

O retorno com investimento em imóveis comerciais aumentou 2,46% no terceiro trimestre, segundo o SBI – Geral, índice que mede a performance de escritórios, condomínios logísticos e shoppings, desenvolvido pela SiiLa Brasil, plataforma de análise de dados do mercado imobiliário.

O índice, que compara os últimos dois trimestres de 2021, aponta que o retorno da renda com imóveis comerciais subiu 1,52% e o retorno com ganho de capital, 0,94%.

De acordo com o levantamento, a recuperação das receitas com as propriedades é atribuída à reabertura gradual da economia e à retomada das atividades presenciais. Em pontos, o SBI – Geral chegou a 191,5.

Fonte: SiiLa Brasil

Isoladamente, o setor de condomínios logísticos foi o que registrou a melhor performance, com retorno de 4,75% no último trimestre. No período, o setor registrou a menor taxa de vacância já vista desde o início do monitoramento da SiiLA, chegando a 8,95%.

O SBI – Geral aponta também que o segmento de lajes corporativas se mostra ainda indefinido diante das barreiras sanitárias e mudanças de comportamento impostas pela Covid-19.

Apesar das incertezas quanto ao fim da pandemia e o retorno presencial aos escritórios, o segmento, que vinha registrando níveis negativos desde o primeiro trimestre de 2021, fechou o terceiro trimestre com alta de 3,51% em São Paulo, região mais relevante para o segmento.

Fortemente impactado pela pandemia, o setor de shoppings fechou o trimestre com retorno negativo de 0,08%. Na avaliação da SiiLa, o segmento ainda se mostra estável na comparação com o último trimestre.

Analista da Rico Corretora ensina ferramentas práticas a extrair lucro do mercado financeiro de forma consistente. Inscreva-se Grátis.

Compartilhe