RADAR INFOMONEY Por que a Bolsa sobe e o PIB cai? O Ibovespa segura os 120 mil pontos, diante do caos na economia?

Por que a Bolsa sobe e o PIB cai? O Ibovespa segura os 120 mil pontos, diante do caos na economia?

Resultados pesam sobre clima e definem tarde negativa às bolsas

Com baixo volume, Ibovespa mantém movimento negativo desde a abertura; dólar comercial sobe e bate os R$ 2,20

SÃO PAULO – Na semana passada, a agenda econômica impediu que o noticiário mais ameno em torno da crise financeira trouxesse ganhos às bolsas. Nesta terça-feira (21), é o noticiário corporativo quem cumpre tal papel. Com diversos desempenhos trimestrais vindo abaixo do esperado, o investidor pouco atenta às novas medidas governamentais anti-crise e o resultado é um pregão predominantemente negativo no mundo.

Pela manhã, o montante de US$ 14 bilhões a ser desembolsado pelo governo francês no resgate às principais instituições financeiras do país trazia ganhos aos mercados europeus. Mas conforme o desenrolar da sessão, a alta foi ficando restrita à bolsa de Paris, com o restante das bolsas rendendo-se às perdas em Wall Street, ocasionadas pela onda de balanços contábeis decepcionantes.

A primeira empresa norte-americana de peso a trazer seus números relativos ao terceiro trimestre do ano foi a Texas Instruments, mostrando uma queda em seu lucro maior que o esperado. No mesmo sentido vieram os desempenhos do BlackRock, DuPont e Caterpillar. Para completar o clima desfavorável, o bilionário Kirk Kerkorian anunciou a venda de sua participação no capital da Ford, cujas ações respondem com queda de 6% nesta tarde.

Assim como no plano externo, o destaque doméstico, dada a escassez de referências macroeconômicas, também fica com o noticiário em torno de números corporativos. A GOL (GOLL4) atualizou seu guidance, prevendo maiores despesas em sua performance do terceiro trimestre de 2008, ao passo que a NET (NETC4) reportou no mesmo período um prejuízo de R$ 64 milhões. Por sua vez, a CSN (CSNA3) concluiu a operação de venda de parte da Namisa.

Treasuries e petróleo

Considerados investimentos seguros em tempos de volatilidade, os títulos do Tesouro norte-americano, principais referências de juro a longo prazo nos EUA, registram um rendimento em queda, o que demonstra alta em seu preço. Já o risco-país sobe 18 pontos frente ao fechamento da última sessão, a 512 pontos.

O preço do barril de petróleo opera em forte baixa, reagindo à expressiva valorização apresentada pelo dólar em relação ao euro: a moeda norte-americana atinge seu maior patamar frente à européia em mais de um ano. Em Nova York, o barril da commodity é negociado a US$ 68,82 cada, o que representa uma queda de 4,46%.

Câmbio e renda fixa

Sensível ao clima tenso nas bolsas, o dólar comercial intensifica o movimento de alta registrado em sua abertura, sendo cotado nesta tarde a R$ 2,203, o que configura um acréscimo de 3,25%.

Em contrapartida, contrariando o mau humor dos investidores, trajetória de queda se verifica no desempenho dos juros futuros negociados na BM&F Bovespa nesta terça-feira, embora alguns contratos com vencimento mais próximo pendam a uma alta.

Ibovespa segue em queda

Rendendo-se ao nervosismo externo, o Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, devolve parte dos ganhos registrados na última segunda-feira e apresenta baixa de 2,49% nesta tarde, atingindo 38.460 pontos. O volume financeiro é de R$ 1,191 bilhão.

PUBLICIDADE

O principal destaque negativo da sessão fica com as ações ordinárias da Lojas Renner (LREN3), que registram desvalorização de 7,38% e são
cotadas a R$ 19,45. Com essa variação, a baixa acumulada desde o início do ano chega a 44,85%.

As maiores baixas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

Cód.AtivoCot R$% Dia% AnoVol1
LREN3 Lojas Renner ON 19,45 -7,38 -44,85 7,07M
ALLL11 ALL UNT N2 12,98 -7,29 -43,41 12,81M
BRTO4 Brasil Telecom PN 12,53 -7,05 -26,86 4,50M
BRTP4 Brasil T Par PN 15,49 -6,29 -36,31 2,15M
CSNA3 Sid Nacional ON 30,05 -6,09 -41,18 90,58M

As maiores altas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

Cód.AtivoCot R$% Dia% AnoVol1
GFSA3 Gafisa ON 18,54 +9,06 -43,78 17,73M
JBSS3 JBS ON 3,30 +7,14 -43,75 6,54M
VCPA4 VCP PN 20,01 +5,04 -63,08 7,76M
KLBN4 Klabin PN 3,36 +5,00 -46,37 2,42M
CSAN3 Cosan ON 11,84 +3,95 -41,80 2,87M


* – Lote de mil ações
1 – Em reais (K – Mil | M – Milhão | B – Bilhão)