Pesquisa da Anbima

Reserva de emergência toma lugar da casa própria e é principal destino das economias dos brasileiros em 2020

Movimento acontece em meio à pandemia de Covid, quando muitos optaram por deixar algum dinheiro guardado em caso de emergências

Reserva de Emergência

SÃO PAULO – Com os brasileiros mais preocupados com a segurança de suas finanças em meio à pandemia de coronavírus, a reserva de emergência foi o principal destino para o dinheiro economizado em 2020, superando pela primeira vez o lugar ocupado pela casa própria. É o que mostra a pesquisa “Raio X do Investidor”, feita pela Anbima em parceria com o Datafolha.

Desde o início do levantamento, há quatro anos, a compra de um imóvel ou terreno liderava com larga vantagem as respostas quanto ao destino a ser dado para as aplicações financeiras. Em 2020, contudo, essa intenção de investimento caiu para 26%, ante 35%, em 2019.

Segundo o levantamento, a queda foi liderada pela classe C, na qual o percentual de pessoas que apontaram “o sonho da casa própria como algo a ser alcançado com os investimentos” recuou de 38,6% para 26,7% na base anual – uma queda de 11,6 pontos percentuais em um ano.

Na classe B, esse recuo foi menor, de 3,8 pontos (de 30%, em 2019, para 26,2% em 2020), baixando para 2,4 pontos entre os entrevistados da classe A (de 25,5% para 23,1%).

Leia também:
Bolsa, cripto, fundos ou títulos públicos? Pesquisa da Anbima mostra como investe cada geração

Com o resultado, a compra da casa própria ficou praticamente empatada com a intenção de formar uma reserva de emergência, com 27% das pessoas afirmando terem algum dinheiro guardado em 2020. O dado veio 10 pontos percentuais acima do registrado em 2019.

Segundo a Anbima, a intenção de formar uma reserva de emergência cresceu na preferência de todas as classes sociais: 11,8 pontos entre os entrevistados da classe A, 11,1 pontos na classe C e 7,8 pontos na classe B.

“A pandemia trouxe essa conscientização sobre a necessidade de ter algum dinheiro guardado para emergência. Ainda é cedo para saber se as pessoas vão, de fato, transformar essa intenção em atitude no futuro, mas é positivo perceber maior propensão ao planejamento”, diz Marcelo Billi, superintendente de comunicação, certificação e educação de investidores da Anbima, em nota à imprensa.

Ainda de acordo com o levantamento, demais destinos apontados pelos entrevistados para as economias foram aposentadoria, viagem, compra de carro ou moto e investimento no próprio negócio.

PUBLICIDADE

A pesquisa da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) com o Datafolha foi realizada entre 17 de novembro e 17 de dezembro de 2020 e ouviu 3,4 mil pessoas da população economicamente ativa das classes A, B e C em todas as regiões do país. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, dentro do nível de confiança de 95%.

Como calcular créditos e empréstimos?
Baixe de graça uma planilha para simular o valor das prestações, o custo dos juros, as linhas mais atrativas e as instituições com as menores taxas:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.