Em minhas-financas / precos

Greve dos caminhoneiros: juízes determinam liberação de vias e autorizam forças policiais

Pelo menos duas localidades poderão ter repressão de militares para garantir liberação das vias

caminhão

SÃO PAULO - Pelo menos quatro liminares já foram emitidas na tentativa de garantir a liberação de vias obstruídas pela greve dos caminhoneiros desde segunda-feira (21).

Em São Paulo, a Justiça estabeleceu a liberação de vias que fetam os centros de distribuição de combustível para os serviços públicos essenciais. A liminar permitiu uso da PM para retirar grevistas das vias e estabeleceu multa diária de R$ 1 milhão ao Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários Autônomos de Bens do Estado de São Paulo e o Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região. 

No Rio de Janeiro, uma decisão semelhante estabelece a reintegração de posse de trecho da rodovia federal BR/101 entre a cidade de Niterói e a divisa com o Espírito Santo. 

Em Pernambuco, uma juíza concedeu liminar pela liberação de vias que abastecem o COmplexo Industrial Portuário Governador Eraldo Gueiros. A multa única para descumprimento é de R$ 100 mil, e também ficou autorizado o uso das forças policiais.

Também a CCR, que administra rodovias entre os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Mato Grosso do Sul obteve na Justiça liminares, denominadas interditos proibitórios, para sete concessões sob sua administração: Nova Dutra, AutoBan, ViaOeste, SP Vias, Rodoanelo, Rodo Norte e Renovias.

Quer investir melhor o seu dinheiro? Abra uma conta na XP.

 

Contato