Em minhas-financas / precos

Ovos de páscoa chegam a custar 450% a mais que chocolate tradicional

Os encargos tributários dos ovos de páscoa chegam a 38,53% do preço do alimento

Ovo de páscoa x tablete
(Reprodução/Facebook)

SÃO PAULO – Todos os anos os consumidores reclamam dos preços dos ovos de chocolate. Nesta Páscoa o cenário não está diferente; segundo dados do IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação), os consumidores que comprarem um ovo de páscoa irão pagar 38,53% em impostos.

E não adianta tentar escapar da tributação, o imposto de uma caixa de bombons é de 37,61% e, no caso do chocolate em barra, os encargos tributários chegam a 38,60% do preço do alimento.

Além disso, se o consumidor comparar o preço dos chocolates em barra e as suas versões em forma de ovo vai perceber que a diferença ultrapassa os 400%. Por exemplo, pelo valor de um ovo Alpino, de 350 gramas, é possível comprar oito unidades do mesmo chocolate, que custa R$ 4,49 a barra de 150 gramas – a diferença entre os preços é de 450%, considerando o valor da grama para cada produto.

No ano passado, uma imagem que comparava o preço de um ovo Alpino e de uma barra do mesmo chocolate, ambos da Nestlé, viralizou na internet. Em nota, a empresa informou que a “produção e distribuição envolve uma série de necessidades específicas, como a contratação de mão de obra temporária, desenvolvimento de embalagens especiais, processo manual de embalagem, armazenamento e transportes especiais, entre outros”.

Confira a diferença de preços de alguns ovos de páscoa e seus respectivos chocolates:

 

Contato