Preços altos

Preço médio do etanol sobe em 14 Estados e no DF, cai em 11 e fica estável no AP

Na comparação mensal, o preço médio do biocombustível no país subiu 7,24%

Os preços médios do etanol hidratado subiram em 14 Estados e no Distrito Federal na semana entre 5 e 11 de setembro, de acordo com levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) compilado pelo AE-Taxas. Em outros 11 Estados os preços recuaram e, no Amapá, ficaram estáveis.

Nos postos pesquisados pela ANP em todo o país, o preço médio do etanol subiu 0,91% na semana ante a anterior, de R$ 4,611 para R$ 4,653 o litro.

Em São Paulo, principal Estado produtor, consumidor e com mais postos avaliados, a cotação média do hidratado ficou em R$ 4,434 o litro, queda de 15,27% ante a semana anterior.

O preço mínimo registrado nesta semana para o etanol em um posto foi de R$ 3,899 o litro, em São Paulo, e o menor preço médio estadual, de R$ 4,434, foi registrado também em São Paulo.

O preço máximo, de R$ 6,999 o litro, foi verificado em um posto do Rio Grande do Sul. O maior preço médio estadual também foi o do Rio Grande do Sul, de R$ 6,036.

Na comparação mensal, o preço médio do biocombustível no país subiu 7,24%. O Estado com maior alta no período foi Mato Grosso, onde o litro subiu 12,98% no mês.

Na apuração semanal, a maior alta de preço foi observada em Sergipe, com avanço de 25,97%, para R$ 5,530 o litro.

Calcule os custos para ter um carro
Baixe uma planilha gratuita que compara os gastos de um automóvel com outras opções de mobilidade:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.