Paulistas terão feriado em julho: quando todo país vai folgar, com emenda, em 2024?

Próximo feriado no estado de SP comemora a Revolução Constitucionalista, em 9 de julho

Equipe InfoMoney

Calendário

Publicidade

Em um mês, os paulistas terão uma folga programada para chamar de sua em um ano marcado com poucos feriados em dia útil — o próximo feriado nacional de 2024 durante a semana só será em 15 de novembro (Proclamação da República), uma sexta-feira.
Os paulistas terão a chance de pendurar as chuteiras em 9 de julho, uma terça-feira, quando será comemorado o Dia da Revolução Constitucionalista.

Entenda a Revolução Constitucionalista

O feriado válido apenas para o estado de São Paulo lembra o movimento organizado pelo Partido Republicano Paulista (PRP) contra o presidente Getúlio Vargas.
O 9 de julho de 1932 marca o início dos motins armados realizados por São Paulo, Mato Grosso e Rio Grande do Sul para derrubar o governo provisório de Vargas e criar uma Constituição.
O dia virou feriado em 1997, com a aprovação da Lei Estadual 9.497, que instituiu o 9 de julho como Data Magna de São Paulo.
Mesmo sob feriado estadual, as negociações na B3 vão funcionar normalmente em pleno feriado estadual. Segundo a B3, haverá registro, movimentações e liquidação em todas as operações mantendo-se em 9 de julho “o horário normal de funcionamento.”

Seja um dos primeiros a garantir ingressos para a 0NFL no Brasil com a XP. Pré-venda exclusiva com Cartão XP, aprovado em 24h!

Continua depois da publicidade

Poucos feriadões em 2024

O próximo “feriadão” nacional será só em novembro, e quatro datas consideradas feriados nacionais caem no sábado e no domingo este ano.

Confira a seguir o calendário:

Próximos feriados em sábados e domingos

Próximos feriados e pontos facultativos em dias úteis

A folga durante a semana só voltará para parte dos brasileiros, no final de outubro, com o Dia do Servidor Público – e é um ponto facultativo:

Continua depois da publicidade

Lembrando que não haverá negociação nos dias 24 e 31 de dezembro na bolsa e nas instituições financeiras, sendo que, nas últimas, algumas áreas realizam expediente interno.