Paulistano gastará R$ 351, em média, nos shoppings com presente de Natal

Valor é maior do que o do ano passado, de R$ 375; apesar de mais contido em 2008, paulistano espera um Natal de 2009 melhor

SÃO PAULO – Pesquisa da Fecomercio-SP (Federação do Comércio do Estado de São Paulo), divulgada nesta quinta-feira (18), revela que o valor médio a ser gasto com presentes de Natal pelo paulistano em shoppings deve ser de R$ 351 este ano, ante R$ 375 previstos em 2007.

Quando consideradas as diferentes faixas de renda, é possível observar que os paulistanos que ganham até 10 salários mínimos por mês pretendem gastar uma média de R$ 297 nos shoppings, enquanto os demais desembolsarão R$ 427.

Os dados ainda mostram que 38% dos entrevistados gastaram ou pretendem gastar uma quantia superior a R$ 500, enquanto apenas 4% já desembolsaram ou vão desembolsar até R$ 100. A pesquisa foi realizada entre os dias 12 e 14 de dezembro, com 1.312 consumidores, em diversos shoppings da capital.

Hábitos

Apesar de considerarem que os preços dos presentes estão mais baratos do que em 2007, o paulistano que compra em shopping se divide em relação aos gastos de Natal.

De acordo com dados, 42% dos consumidores consideram que os valores em 2008 estão menores do que em 2007. No ano passado, a proporção daqueles que achavam que os preços estavam mais baratos do que em 2006 era de 31%.

Metade dos paulistanos acreditam que gastarão mais do que no ano passado e a outra metade dos consumidores, que desembolsarão menos. Dentre os motivos apontados por aqueles que estão mais dispostos a gastar, estão aumento da renda (38%) e promoções (23%). Os que gastarão menos apontaram medo de endividamento (31%) e expectativa ruim para 2009 (25%).

Compras

A pesquisa mostra ainda que 61% dos paulistanos vão usar o pagamento à vista – cartão de crédito, débito automático, dinheiro ou cheque -, enquanto 39% pretendem comprar a prazo – parcelamento no cartão, cheque ou crediário.

Questionados sobre com quem irão gastar mais, 35% disseram ser com os filhos, 23% responderam ser com namorados, parentes e amigos, enquanto 16% afirmaram ser com os pais. Lojas de roupas e calçados (69%), além das de brinquedos (13%), serão aquelas onde os paulistanos mais gastarão.

Cerca de 78% disseram que concluirão as compras fora dos shoppings, sendo que o tempo de permanência nas compras será de até cinco horas (20%). Apesar do Natal mais contido este ano, na visão de 71% dos entrevistados, o de 2009 será melhor.

PUBLICIDADE