IMpulso

O que motivou um aumento de 300% nas buscas por vacina, um grupo de quase 5 milhões de brasileiros e outros números da semana

O que 4.976.145 pessoas têm em comum, o que motivou um aumento de 200% na busca por vacinas no Canadá e outros números da semana

Por  Mariana Amaro -

300% de aumento 

A província de Québec, no Canadá, teve um aumento de 300% nas buscas por vacina contra a Covid-19 depois que o ministro da Saúde local anunciou que somente os imunizados poderiam comprar bebidas alcoólicas e maconha, cuja venda é legalizada no país. Com o anúncio da restrição, os agendamentos diários para receber o imunizante saltaram de 1.500 para 6.000.

R$ 2.106,08

O seguro-desemprego foi atualizado. Agora, o valor máximo do benefício, pago para trabalhadores com salário médio superior a R$ 3.097,26, é de R$ 2.106,08. O aumento foi de R$ 194,24.

13% de queda

O que uma crise política e social sem precedentes no Cazaquistão tem a ver com criptomoedas? Tudo. Durante a crise que começou no país que faz fronteira com a Rússia e a China, o governo determinou que a companhia nacional de telecomunicações desativasse a conexão de internet. Com a queda, o poder computacional da rede bitcoin caiu mais de 13% em relação à máxima do dia. O país é o segundo com maior participação na rede Bitcoin. O petróleo também sentiu o efeito cazaque. A ver.

4.976.145 pessoas
A B3, a Bolsa de Valores, anunciou um aumento de 21,7% no número de pessoas físicas investindo na Bolsa. Até o final de dezembro, a B3 contabilizava 4.976.145 investidores na Bolsa. Você já faz parte desse grupo? Se ainda não faz, pode aprender a dar seus primeiros passos nesse curso grátis. 

Lei 14.300/22

A Lei 14.300/22 sancionou o marco legal da geração da própria energia, microgeração e minigeração distribuída e foi publicada no Diário Oficial da União na última sexta-feira (7). Muito aguardada pelo setor de energia fotovoltaica, a medida pode gerar R$ 173 bilhões com a queda de custos aos consumidores até 2050. Agora só falta o sol aparecer!

7 dias de isolamento

Na tarde de segunda-feira, o Ministério da Saúde reduziu de 14 para sete dias o período de isolamento mínimo de pessoas infectadas pelo coronavírus no Brasil. A medida vale para pacientes que tenham capacidade de produzir anticorpos, como os já vacinados e com sintomas leves ou moderados de Covid.

 


Esta seção faz parte da newsletter IMpulso, enviada todas as quintas-feiras, pela manhã. Inscreva-se grátis para receber o conteúdo.

Cadastre-se na IMpulso e receba semanalmente um resumo das notícias que mexem com o seu bolso — de um jeito fácil de entender:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.
Compartilhe