Números que fazem a diferença

Nasa abre amostra da Lua guardada há 50 anos; e mais notícias da semana

Uma amostra da Lua guardada por 50 anos, um astronauta que quase perdeu a carona por causa da Guerra na Ucrânia e outros números da semana

Por  Mariana Amaro -

50 anos depois

Um recipiente de metal com 35 centímetros de comprimento e 4 centímetros de diâmetro, está lacrado desde 1972. Ele contém rochas e poeira… da Lua. O material foi coletado pela missão Apolo 17 e começará a ser analisado agora. Outra amostra coletada na mesma viagem permanecerá fechada.

Bike de R$ 9.199,00

Quem foi criança nas décadas de 1970 e 1980 deve lembrar do sonho de consumo da época: a Mobylette, da Caloi, que acabou virando sinônimo de bicicleta motorizada. Agora, ela está de volta, com a diferença de ser elétrica. O preço sugerido é de R$ 9.199.

22 profissões

Greidista é a pessoa que realiza cálculo de material a ser usado em terraplanagem. Já obstetriz é responsável por acompanhar todas as fases de uma gravidez, do pré-natal até cuidados pós-parto. O que um tem a ver com o outro e com skatistas e sommeliers? Essas são algumas 22 profissões que passaram a integrar a Classificação Brasileira de Ocupações (CBO). Veja a lista completa no link.

1 astronauta

Mark Vande Hei, um astronauta dos Estados Unidos, que completou mais de 340 dias no espaço (um recorde entre os americanos) temia perder a carona em uma cápsula  russa que está programada para trazê-lo de volta à Terra, junto com dois astronautas do país de Putin. Felizmente, os conflitos que estão rolando no planeta não resultaram em problemas de embarque para o americano que está com viagem de retorno marcada para o dia 30 de março. Mas do jeito que estão as coisas aqui, não seria o caso de reconsiderar, Mark?

42,8% dos casos

Quando o Banco Central anunciou que facilitaria a busca por quase R$ 4 bilhões “perdidos” nos bancos, muitas pessoas imaginaram que teriam pequenas fortunas a receber. Mas para 42,8% das pessoas, o valor que deveria ser devolvido era de decepcionantes centavinhos, até R$ 1,00. Os montantes até R$ 10,00 representavam 69,7% do total. Apenas 1.318 (0,00004% do total) transferências resultaram em liberação de valores acima de R$ 100.000.

Compartilhe