Sinprev

Ministério da Previdência pretende cruzar informações para impedir fraudes

Já estão cadastrados 79 mil servidores e 133 mil dependentes e pensionistas

SÃO PAULO – Até o final deste ano, o Ministério da Previdência Social conseguirá cruzar as informações referentes aos servidores públicos ativos e inativos, pensionistas e dependentes da União, estados, Distrito Federal municípios que possuam regime próprio da previdência e que estejam cadastrados no Siprev (Sistema de Gestão dos Regimes Próprios da Previdência Social). O sistema permitirá o combate ao duplo recebimento do benefício em diferentes regimes.

O anúncio foi feito nesta quinta-feira (25), durante a reunião do Conaprev (Conselho Nacional dos Dirigentes de Regimes Próprios de Previdência Social), onde o gerente de projetos da Dataprev, Antonio Mario de Souza, traçou um panorama da implantação dos sistemas desenvolvidos pela empresa para a gestão de regimes próprios.

Cadastros
Atualmente, se encontram cadastrados no sistema 57 bases de dados, sendo 55 de órgãos de entidades da União e mais as cidades de Natal e João Pessoa, além de 79 mil registros de servidores, 133 mil dependentes e pensionistas, 143 mil vínculos e movimentações funcionais e 119 mil remunerações. O Dataprev já disponibilizou no Portal do Software Público Brasileiro (http://www.softwarepublico.gov.br) os aplicativos que permitem cadastrar, validar e exportar os dados para o cadastro nacional.