Japão quer proibir bloqueio dos celulares para estimular competição na telefonia

Cada modelo de celular vendido no Japão é exclusivo da operadora. Desbloqueio daria maior poder de escolha ao usuário

SÃO PAULO – O Ministério de Relações Internas e Comunicações do Japão decidiu nesta segunda-feira (29) pedir às companhias de telefonia móvel que desbloqueiem seus aparelhos para o uso de qualquer chip. A ação permitiria aos usuários maior liberdade para escolher aparelhos e operadoras, afirmou o ministério.

Segundo o jornal The Yomiuri Shimbun, o governo japonês vai implementar sua nova política na próxima geração de celulares que serão colocadas no mercado no final de 2010. Ainda está em estudo a possibilidade de tornar a prática obrigatória por lei.

Maior poder de escolha
Quanto o celular é bloqueado por uma operadora específica, o aparelho aceita apenas o chip (SIM card) desta mesma companhia. Sob a nova determinação, os usuários poderão escolher sua própria combinação de operadora e aparelho.

No Japão, os modelos de celulares são fabricados para uma operadora específica. Quando o usuário compra um aparelho desenvolvido por uma companhia diferente, ele precisa fazer um contrato com a operadora para a qual foi fabricado determinado modelo.

O ministério acredita que se o bloqueio do chip for removido, os usuários terão maior número de escolhas e a competição entre as operadoras vai se intensificar, o que pode levar a tarifas menores e maior e melhorias no serviço prestado.