Coronavírus

Itaú aumenta carência de empréstimos em até 180 dias durante a crise

Para clientes que estiverem em atraso com o banco, há condições especiais para renegociação de dívidas

Aplicativo do Itaú em primeiro plano; no segundo plano uma agência do banco
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O Itaú Unibanco anunciou que vai prorrogar a carência de parcelas de empréstimos e financiamentos em até 120 dias no caso de pessoas físicas (PF) e em até 180 dias para pequenas e médias empresas (PJ). As medidas fazem parte do chamado “Pacote de Saúde Financeira” criado pelo banco.

Os prazos dos contratos também poderão agora ser prorrogados para até 6 anos na PF e até 5 anos para as PMEs, “reduzindo assim o valor das parcelas mensais e mantendo as mesmas taxas de juros”, segundo nota enviada pelo banco.

Ainda, o Itaú afirma que irá ofertar crédito adicional para cerca de 8 milhões de pessoas e empresas, com taxas reduzidas e flexibilização de garantias. “O objetivo é dar fôlego aos clientes neste momento e  tratar de maneira mais estrutural o endividamento para garantir condições sustentáveis ao longo do tempo, ajustando também condições de prazo, taxas e garantias.”

Aprenda a investir na bolsa

A expectativa é que o novo pacote de soluções beneficie até 20 milhões de clientes correntistas pessoa física e mais de um milhão de pequenas e médias empresas clientes do banco.

Pessoas físicas

Para clientes pessoa física, a prorrogação dos contratos de até 120 duas está disponível para as linhas de empréstimo pessoal, cheque especial, crédito imobiliário, cartões de crédito e financiamento de veículos.

Pessoas jurídicas (PMEs)

Já no caso de pequenas e médias empresas, há a possibilidade de alongamento de prazo e carência de até 180 dias para capital de giro, parcelamento das linhas de cheque especial e conta garantida.

Em ambos os casos, as condições são válidas para clientes que estiverem em dia e, durante o período, “será mantida a mesma taxa de juros contratada, sem a cobrança de multa ou tarifas adicionais”, garantiu o banco.

Renegociação

Para clientes pessoas física ou empresas que estiverem em atraso com o banco, há condições especiais para renegociação de dívidas.

“Ofertar simplesmente carências não será suficiente. Por isso, estamos adequando todo o fluxo de pagamentos à capacidade financeira dos nossos clientes ao longo do tempo, observando, além da carência, condições diferenciadas de prazo, taxas, garantias e até mesmo disponibilizando crédito adicional”, afirma André Rodrigues, diretor executivo responsável pelo Banco de Varejo do Itaú Unibanco.

PUBLICIDADE

As novas condições do Pacote de Saúde Financeira já estão disponíveis tanto para clientes que ainda não solicitaram essa prorrogação, quanto para aqueles que já postergaram suas parcelas por dois meses e agora podem aumentar o período de carência.

Segundo o banco, todo o processo já pode ser feito utilizando os canais digitais e o contato com os gerentes, sem a necessidade de se deslocar até as agências físicas.

“Fizemos um mapeamento detalhado e análises específicas das diferentes características e necessidades dos nossos cientes, com utilização intensiva de dados, e com isso podemos oferecer soluções adequadas a cada perfil, sejam eles autônomos, pensionistas, recebedores de salário nas suas contas do banco, micro, pequenas ou médias empresas. Ao acessarem suas contas, os clientes terão orientação online do pacote mais indicado para sua situação”, complementa Rodrigues.

Newsletter InfoMoney
Informações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.