GainCast

IR: podcast ensina a declarar investimentos em renda variável; veja dicas de especialista

Contadora Da Bolsa mostra, de forma simples, como fazer a declaração

SÃO PAULO – O período de declaração de Imposto de Renda acaba em 30 de abril, e embora muitas pessoas já tenham começado a declarar, parte dos investidores ainda têm uma série de dúvidas sobre alguns detalhes.

Havia uma expectativa sobre um possível adiamento do prazo de entrega, mas José Tostes, secretário da Receita Federal, informou que há nenhuma mudança na data final do IR2020.

O episódio 27 de GainCast, Alice Porto, também conhecida como Contadora da Bolsa, especialista em declaração de renda variável, explica passo a passo o que o investidor deve fazer para não ter problemas com o leão.

PUBLICIDADE

Ela conta que teve dificuldades de declarar renda variável anos atrás quando ainda era apenas investidora. “Eu não sabia fazer e não achei ninguém que podia fazer isso por mim. Meu contador não sabia fazer os cálculos e a corretora não tinha ninguém para indicar”, diz.

Alice afirma que o processo não é “difícil, mas é detalhado” e por isso as pessoas se atrapalham. “Para começar, se você tem R$ 1 na bolsa, já precisa entregar a declaração anual e fazer o cálculo”, diz.

Entre as dicas, a especialista começa por imposto sem tributos. “A isenção só vale se for operação swing trade com ações e para o mês que as vendas forem inferiores a R$ 20 mil. Apenas venda, venda, venda”, explica. Ou seja, operações day trade de qualquer ativo ou operações swing trade com qualquer ativo (que não seja ação), e que deu lucro, devem ser declaradas.

Para aprofundar o conhecimento sobre a declaração de renda variável, basta ouvir o episódio abaixo:

Aproveite as oportunidades para fazer seu dinheiro render mais: abra uma conta na Clear com taxa ZERO para corretagem de ações!