Em minhas-financas / impostos

Bolsonaro anuncia aumento do IOF e possível redução de alíquota máxima do IR

As medidas devem ser anunciadas ainda hoje pelo ministro da Economia, Paulo Guedes

Jair Bolsonaro posse
(Antonio Cruz/Agência Brasil )

SÃO PAULO - O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta sexta-feira (4), durante coletiva na cerimônia de transmissão do comando da Aeronáutica, o aumento da alíquota do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) e a possível redução da alíquota máxima do Imposto de Renda, de 27,5% para 25%. As medidas devem ser anunciadas ainda hoje pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

"O Paulo Guedes anuncia hoje [sexta] a possibilidade de diminuir a alíquota do imposto de renda. Porque o nosso governo tem que ter a marca de não aumentar impostos”, disse Bolsonaro aos jornalistas na base aérea. "Uma ideia inicial agora, a maior alíquota [de imposto de renda] nossa é 27,5%. Passaria para 25%”, completou.

Perguntado, Bolsonaro disse que o aumento do IOF já foi assinado, mas "para quem tem operação fora". Segundo ele, a medida foi necessária "para poder cumprir uma exigência de um projeto aprovado [pelo Congresso] nesse sentido, como pauta bomba, contra a nossa vontade".

Bolsonaro afirmou que o aumento foi necessário para não desrespeitar a Lei de Responsabilidade Fiscal com a sanção da iniciativa. 

Segundo o presidente, o aumento será de uma "fração mínima", mas não citou valores. Atualmente, a alíquota do IOF sobre empréstimos é de 0,38% mais uma variação diária que, após 360 dias, corresponde a 3% ao ano. 

Com Agência Brasil

Invista o seu dinheiro com assessoria especializada: abra uma conta na XP - é de graça!

 

Contato