Em minhas-financas / gadgets

Celulares: saiba como adquirir aplicativos sem ter problemas com segurança

Alguns aplicativos permitem acessar o banco, fazer compras no mercado e calcular a quantidade de água consumida no banho

SÃO PAULO – O consumo de smartphones tem crescido em todo o mundo, e a capacidade de usar pequenos programas para acessar o banco, fazer compras no supermercado e até calcular a quantidade de água consumida no banho acompanhou o crescimento.

Os aplicativos, como são chamados esses programas, nasceram exatamente para facilitar a vida do usuário de smartphone, porém, por serem  uma novidade para alguns consumidores, ainda geram dúvidas sobre custo e segurança.

Desvendando os aplicativos
De acordo com o CEO da Pure Bros, Fernando Dias, o maior cuidado que os consumidores devem ter é em relação aos vírus. “O primeiro passo antes de baixar qualquer aplicativo é instalar um antivírus. Dessa forma, ele detectará qualquer risco ao aparelho”, explica.

Segundo o técnico da área de Tecnologia da Proteste – Associação de Consumidores, Carlos Eduardo Vieira, de um modo geral, os aplicativos são seguros. “O único problema é que eles são bem baratos, por isso, o consumidor pode acabar comprando vários por compulsão e, no fim, o gasto acaba sendo grande”, completa.

Para controlar os gastos e também garantir a segurança do smartphone, Dias aconselha que o consumidor sempre adquira aplicativos diretamente com o desenvolvedor ou fabricante do aparelho. “Os preços dos aplicativos são pré-determinados, por isso, qualquer um dos fornecedores cobrará o mesmo preço”, comenta.

O que poderá gerar custos para o consumidor são as transferências de dados, por isso, o executivo aconselha a ficar atento ao plano contratado. “Os planos pré-pagos de pacotes de dados são recomendáveis, pois, com eles, o consumidor terá controle do que pode gastar, evitando sustos”, explica.

No caso dos aplicativos de banco, a praticidade para os consumidores é grande. “Em alguns aplicativos de banco,  é possível acompanhar a conta, fazer transferência, porém, tendo que avisar o gerente antecipadamente sobre esse tipo de transação”, comenta Vieira.

Dias aproveita e aconselha que aplicativos bancários devem ser adquiridos somente no site da instituição bancária. “Aplicativos de bancos são gratuitos e também limitados, para evitar fraudes”, completa.

 

Contato