Finais da NBA terão mais de R$ 1 bilhão em salários em quadra; entenda cálculo

Um dos mais cobiçados campeonatos de basquete do mundo começa nesta quinta-feira (6)

Anna França

Basquete (Shutterstock)

Publicidade

Começa, nesta quinta-feira (6), a decisão da maior competição de basquete do mundo. As Finais da NBA se iniciam com Boston Celtics enfrentando o Dallas Mavericks com elencos milionários dos dois lados da quadra que somam mais de R$ 1 bilhão em salários.

A série que vale o troféu da liga norte-americana será protagonizada por jovens estrelas como Luka Doncic e Jayson Tatum, dois talentos mais reconhecidos da NBA atualmente e donos de vencimentos astronômicos. No total, são US$ 275 milhões em salários anuais para os 10 jogadores titulares das duas equipes, quantia equivalente a pouco menos de R$ 1,5 bilhão.

O mais bem pago é o sloveno Luka Doncic. Com apenas 25 anos de idade, o astro do Dallas Mavericks receberá nesta temporada US$ 40 milhões. Doncic já é um dos atletas com maiores salários da liga de basquete, e segundo informações de especialistas americanos estará elegível para assinar uma extensão de cinco anos e US$ 346 milhões (R$ 1,8 bilhão) – o que tornaria o armador mais bem pago da história da NBA.

Continua depois da publicidade

O menor salário também é da franquia texana, com Daniel Gafford (US$ 12 milhões, valor que supera todos os atletas da Série A do Brasileirão). Atualmente, o contrato mais valioso do basquete americano está do lado celta do confronto. O ala-armador Jaylen Brown acertou sua extensão por cinco anos e US$ 286 milhões (R$ 1,4 bilhão), tendo uma progressão de salário no acordo que o fará receber US$ 65 milhões na temporada 2028/29. O evento terá exibição no Brasil pelos canais ESPN e do Star+.

Confira salários das duas equipes para 24/25:

Boston Celtics:

Jaylen Brown – US$ 49,7 milhões

Continua depois da publicidade

Jrue Holiday – US$ 30 milhões

Jayson Tatum – US$ 34,8 milhões

Kristaps Porzingis – US$ 29,2 milhões

Continua depois da publicidade

Derrick White – US$ 19,5 milhões

Dallas Mavericks:

Luka Doncic – US$ 43 milhões

Continua depois da publicidade

Kyrie Irving – US$ 40 milhões

Tim Hardaway Jr. – US$ 16 milhões

PJ Washington – US$ 15,5 milhões

Continua depois da publicidade

Daniel Gafford – US$ 13,3 milhões

Fonte: Basketball Reference

Histórico de milhões

Na história do basquete norte-americano há muitos talentos milionários. Em 2023, o americano LeBron James foi apontado pela Forbes como o jogador de basquete mais bem pago pela National Basketball Association (NBA), a principal liga da modalidade esportiva. Os ganhos dos atletas do Los Angeles Lakers ultrapassaram US$ 117 milhões, mais do que R$ 613 milhões pelo câmbio atual. Em 2023, o valor médio das equipes da NBA atingiu US$ 3,85 bilhões, aumento de 35% em relação ao ano anterior e 75% a mais do que em 2019.

Os dados da Forbes levam em conta os números levantados pela agência Spotrac, que aponta que nenhum jogador na história da NBA ganhou mais em quadra do que os US$ 432 milhões que James acumulou em 20 temporadas. A estimativa é que o patrimônio do atleta em 38 anos ultrapasse a casa dos US$ 530 milhões até 2025. Na lista dos atletas mais bem pagos do mundo, apenas Roger Federer e Cristiano Ronaldo lucraram mais.

Nessa história, como não lembrar Michael Jordan, que praticamente iniciou essa história de milhões desde que pisou em uma quadra da NBA pela primeira vez em 1984, atingindo recordes de faturamento. Ao longo de sua carreira de 16 anos na NBA, ele acumulou US$ 94 milhões e foi o jogador mais bem pago da liga em 1997 e 1998. Mas foi fora das quadras que Jordan se destacou e se tornou muito mais rico do que qualquer outro atleta do planeta, ganhando cerca de US$ 2,4 bilhões ao longa de sua carreira.

Confira lista dos jogadores mais bem pagos da NBA em 2023

1) LeBron James (US$ 117 milhões)

2) Stephen Curry (US$ 101,9 milhões)

3) Kevin Durant (US$ 91,4 milhões)

4) Giannis Antetokounmpo (US$ 85,6 milhões)

5) Damian Lillard (US$ 63,6 milhões)

6) Klay Thompson (US$ 61,2 milhões)

7)Joel Embiid (US$ 57,6 milhões)

7) James Harden (US$ 57,6 milhões)

9) Jimmy Butler (US$ 55,2 milhões)

10) Paul George (US$ 54,6 milhões)

10) Nikola Jovic (US$ 54,6 milhões)

Fonte: Forbes

Anna França

Jornalista especializada em economia e finanças. Foi editora de Negócios e Legislação no DCI, subeditora de indústria na Gazeta Mercantil e repórter de finanças e agronegócios na revista Dinheiro