Loja de lata

Empresário abre loja em contêiner e espera ter 100 franquias neste ano

Custos para uma franquia da Container Ecology Store está entre R$ 100 e R$ 300 mil, a marca possui duas lojas na Europa

Por  Edilaine Felix

SÃO PAULO – Em busca de oportunidades para baratear o custo do aluguel de sua loja, em 2008 o já empresário da área têxtil, André Krai, viajou para Singapura e lá viu uma ação de marketing que apresentava um carro dentro de uma caixa de metal. Foi então que pensou que essa era uma opção de estrutura barata e móvel para uma loja.

Krai, diretor da loja Container, voltou para o Brasil e começou a pensar em como poderia usar uma estrutura como aquela. Após pesquisar, chegou aos conteineres e nos conta que teve uma grata surpresa ao descobriu que essas grandes caixas de metal depois de aproximadamente 20 anos não são mais utilizadas para o transporte de carga e que poderiam ser reaproveitadas.

O projeto era focado no custo de locação, mas conseguiria inserir a questão da sustentabilidade no negócio, pois estava reciclando. São gastos R$ 7 mil na compra de um contêiner e entre R$ 10 e R$ 20 mil com a restauração.

O projeto deu certo. Atualmente a Container Ecology Store conta com 80 franquias, sendo duas na Europa, em Ibiza e Barcelona.

Detalhes que fazem toda a diferença
Krai precisou pensar em todos os detalhes para o funcionamento de uma loja dentro de um contêiner. A temperatura foi um deles. E, para resolver essa questão foi desenvolvida uma tecnologia de isolamento térmico, com uma tinta especial que repele o calor, “os cuidados são para que tenha a mesma estrutura de uma loja de alvenaria normal”, diz.

Sem essa tecnologia seria impossível ter uma loja nessa grande caixa de metal. “Esse foi um dos maiores desafios do começo do projeto, até porque no Brasil a ideia do contêiner ficou desgastada com as escolas de lata e os presídios”, diz Krai.

O empresário mostra-se satisfeito em poder abrir lojas em lugares muito quentes, como Altamira, no Pará, em Porto Velho, Rondônia, e mesmo em Ibiza. “O calor é um problema que passa longe das nossas preocupações”, comenta.

A franquia
A Container se responsabiliza todo o processo para a abertura de uma franquia. O diretor esclarece que eles são responsáveis desde a busca do terreno até a montagem da loja. “O franqueado escolhe a região e o tamanho da loja, o resto é por nossa conta”.

O investimento inicial para abrir uma loja Container é uma taxa de franquia de R$ 20 mil, que inclui todo o treinamento necessário para trabalhar na loja e o royalty fixo de R$ 1.500,00 por mês.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Todo o valor restante depende do custo da operação e do tamanho da loja. O franqueado investe em média R$ 250 mil, contando com estoque inicial e capital de giro. A abertura desta franquia pode variar entre R$ 100 mil e R$ 300 mil.

Segundo Krai, a Container é pensada para que o cliente tenha menos risco, menor custo com aluguel e opção por um mix de produtos de acordo com a região de atuação. A loja é multimarca e eles têm convênio com a maioria das grandes marcas e consegue comercializar diretamente para o franqueado.

Investimentos
A Container cresceu mais de 300% em 2012 e espera continuar evoluindo nessa linha o ano que vem. “É um negócio novo, uma franquia diferente, que envolve a questão da sustentabilidade, com custo de investimento não muito alto e um apelo a individualidade”.

Krai acredita em crescimento forte e agressivo para os próximos anos, aproveitando os projetos de desenvolvimento do Brasil. O Nordeste está no foco da Container, região que a franquia mais cresce.

A loja continua em expansão. Até o final deste ano, pretende atingir a marca de 100 lojas, contando com a abertura de mais duas na Espanha, uma em Madri e outra em Maiorca. “O negócio não envolve um produto regional, e sim um conceito de uma loja dentro de um container, que agrega várias marcas”.

Compartilhe