Em minhas-financas / economize-dinheiro

Consumidores estão mais conscientes em relação à sustentabilidade

Os consumidores estão atentos às práticas sustentáveis das empresas e as levam em consideração na hora das compras

Consumo Compras
(Agência Brasil)

SÃO PAULO - Uma pesquisa realizada pela consultoria Dom Strategy Partners revelou que 70% dos varejistas afirmam que seus consumidores estão mais conscientes em relação à sustentabilidade, estão atentos às práticas sustentáveis das empresas e as levam em consideração na hora das compras.

A pesquisa consultou diretores e gerentes de 314 das 500 maiores varejistas com atuação no Brasil sobre a percepção do consumo consciente apresentada pelo cliente final.

O estudo mostra que 31% dos respondentes acreditam que a sustentabilidade é o fator que mais impacta diretamente na hora da decisão de compra. Já 37,5% acreditam que o consumidor é influenciado por especialistas ou outras pessoas que consomem produtos sustentáveis e 28,12% afirmam que o preço de um produto sustentável (ou que advém de uma empresa que possui práticas de sustentabilidade) impacta na hora das compras.

“O resultado desta mudança no comportamento do consumidor cada vez mais conectado e interado com diversas redes, conhecido como consumidor 2.0, afeta diretamente a forma do varejo se comunicar com esse novo perfil de cliente”, informou a consultoria.

Em média, 68% dos varejistas entrevistados alteraram suas propagandas e seu marketing para se adaptar à nova demanda. Entre os segmentos que se destacaram neste processo estão os bancos (91%), o setor de alimentos e bebidas (84%), assim como os supermercados (81%). O atendimento também teve seu devido impacto, acarretando alteração em 70% do mercado pesquisado.

Além de implantar novos modelos comerciais, a implementação ou melhora dos programas de fidelidade também ganharam importância, refletindo em 68% das empresas presentes no estudo. Consequentemente, o aumento da competição por consumidor se tornou uma estratégia que está no topo da lista de prioridades dessas redes. Aproximadamente 81% adotaram este alvo.

“Apesar da influência de outros consumidores e do preço deterem mais impacto na visão dos varejistas, de certo, novas bandeiras passam a fazer parte do processo de consumo, tais como o respeito aos animais, negação à pirataria, qualidade de vida e auto-estima estão entre as principais bandeiras, o que mostra um importante processo de evolução e conscientização no modelo de consumo”, finalizou o CEO da DOM Strategy Partners, Daniel Domeneghetti.

 

Contato