Em minhas-financas / economize-dinheiro

Sites ajudam a boicotar estabelecimentos caros e divulgar os mais baratos; conheça

Em um dia, SPHonesta já tem 4 mil likes no Facebbok; BoicotaSP está chegando em 30 mil em cinco dias

SP Honesta/Boicota SP

SÃO PAULO – Dois sites lançados recentemente querem ajudar o consumidor da cidade de São Paulo a gastar menos na hora de se divertir.

O primeiro, lançado por um grupo de amigos, traz na sua página de apresentação a seguinte frase: “enquanto existirem long necks a 12 reais e festivais de 12 mil, e as pessoas continuarem se sujeitando, a cidade não melhora. Não tem como”.

E foi neste clima de desabafo que surgiu o BoicotaSP , como explicou em entrevista ao portal InfoMoney um dos responsáveis pela página, Ricardo Giassetti. “Nós queríamos desabafar os abusos e descobrimos que isso estava preso na garganta de muita gente (...) Criar uma plataforma na qual consumidores possam registrar sua experiência abusiva e abrir esse comentário para avaliação do público, incentivando também o ‘boicotado’ a se posicionar, justificar ou sugerir uma solução é o nosso objetivo.”

Lançado na última segunda-feira (8), o site chegou a enfrentar problemas na terça-feira, por conta do grande número de acessos. Em cinco dias, a página do BoicotaSP no Facebook já conta com quase 30 mil likes.

Segundo Giasseti, dentro de algumas semanas, a iniciativa deve ser expandida para todo o Brasil, com o #boicotabr, sendo que também, em breve, serão lançados aplicativos para que as pessoas possam consultar o #boicotasp e enviar o seu boicote diretamente do local que o consumidor está.

Enquanto o aplicativo não chega, quem tiver um boicote a fazer precisa entrar no site www.boicotasp.com.br, fazer um cadastro e enviar o boicote. Giasseti explica que tudo passa por uma moderação leve, “que apenas observa a boa e velha 'educação'”. Após publicado, consumidores e os porta-vozes dos locais podem interagir e debater.

SPHonesta
Ainda no objetivo de ajudar o consumidor a economizar, as amigas Rebeca de Moraes e Tatiana Dias, lançaram ontem, dia 11 de abril, o HonestaSP , site que traz informações sobre os lugares que cobram preço justo na cidade de São Paulo.

Em um dia, a página do site no Facebook atingiu 4 mil likes e, segundo Rebeca, as amigas já estão analisando maneiras de expandir a atuação do site.

Hoje, na primeira página do SPHonesta (www.sphonesta.com.br), o internauta encontra recomendações de pastelaria, que cobra R$ 5 o pastel, de um restaurante peruano, com porção de batata a R$ 4 e de um restaurante chinês, com preço médio entre R$ 20 e 30.

Quem quiser mandar sugestões para o site deve enviar um e-mail para sphonesta@gmail.com e o local será publicado conforme o número de recomendações recebidas.

 

Contato