Conteúdo editorial apoiado por

Imposto de Renda: é preciso declarar as parcelas de carro por assinatura?

Não há obrigação, mas contribuinte pode informar dado, se quiser; veja como

Equipe InfoMoney

Publicidade

Dúvida de leitor: Fechei, em abril de 2023, plano de carro por assinatura por dois anos. Pago R$ 3.500 por mês pelo serviço. Tenho que declarar essas prestações no Imposto de Renda?  

Por Rafael Serrano*

“Não é necessário informar o carro por assinatura na Declaração do Imposto de Renda, uma vez que o bem não pertence ao contribuinte. E ressalto que essa opção não é obrigatória, vez que tal despesa não é dedutível do Imposto de Renda.

Continua depois da publicidade

Apesar disso, caso o contribuinte queira informar o custo poderá declará-lo na ficha de “Pagamentos” no item “99 – Outros”. O contribuinte deverá informar o CNPJ e o nome da locadora, seguido da totalidade do valor pago com o aluguel em 2023.”

*Rafael Serrano é sócio tributário do CSA Advogados.

Baixe uma planilha gratuita para calcular seus investimentos em renda fixa e fuja dos ativos que rendem menos

Continua depois da publicidade