Nova onda de aumento de taxas

Depois do Santander, Bradesco sobe a taxa de juros do financiamento imobiliário

Na esteira de aumentos da Selic, bancos começam a repassar altas aos clientes de financiamento imobiliário

SÃO PAULO – Na esteira da sucessão de aumentos da Selic nos últimos meses, que passou de 2% para 4,25% ao ano, e depois de o Santander aumentar sua taxa de juros do financiamento imobiliário na última terça-feira (13), o Bradesco seguiu na mesma direção e elevou suas taxas.

No caso do Santander, a taxa passou de 6,99% ao ano mais a Taxa Referencial (TR), que está zerada atualmente, para 7,99% a.a. – essa é a única modalidade de financiamento que o banco oferece.

O Bradesco, por sua vez, elevou sua taxa de juros na modalidade atrelada à TR. Houve um aumento de 0,2 ponto percentual em todas as categorias de clientes. Agora, os juros partem 7,3% a.a. para clientes com menos relacionamento com o banco, na categoria Classic, ante 6,9% a.a. até então. Para os clientes Prime, os juros partem de 6,9%. Para os clientes Exclusive, os juros estão em 7,1% a.a.

Vale lembrar que o Bradesco também possui a linha atrelada à Poupança, cuja taxa de juro é de 3,95% a.a. mais a remuneração da poupança (que atualmente é de 70% da Selic).

Em nota ao InfoMoney, o Bradesco confirmou a informação e afirmou que “tem taxas a partir de TR + 6,90 % a.a., chegando à máxima de TR + 7,30 % a.a.” e que as demais condições, que incluem “comprometimento de renda em 30% da renda familiar, quota de financiamento de 80% e o prazo de até 360 meses”, permanecem inalteradas.

O InfoMoney entrou em contato com Caixa, Itaú e Banco do Brasil. A Caixa não respondeu à solicitação para a matéria. O Itaú afirmou que não alterou suas taxas de juros por enquanto. A taxa está em a partir de 6,9% ao ano, com atualização do saldo devedor pela TR; e 3,95% mais o rendimento da poupança (70% do valor da Selic).  O Banco do Brasil afirmou que suas taxas também se mantém as mesmas: a partir de 6,3% a.a. na modalidade atrelada à TR – a depender do relacionamento do cliente com o banco as taxas podem aumentar.

Como calcular créditos e empréstimos?
Baixe de graça uma planilha para simular o valor das prestações, o custo dos juros, as linhas mais atrativas e as instituições com as menores taxas:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.