Em minhas-financas / credito

Com aporte do SoftBank, Creditas triplica e mira expansão no México

Valor de mercado saltou de US$ 250 milhões para US$ 750 milhões

Creditas
(Reprodução)

(Bloomberg) -- O SoftBank Group Corp. está liderando um investimento de US$ 231 milhões na fintech brasileira Creditas Soluções Financeiras Ltda. em uma transação que triplica o valor da empresa de crédito on-line.

A Creditas, que oferece empréstimos garantidos a preços mais baratos que os bancos, está avaliada em US$ 750 milhões na transação, um salto em relação aos US$ 250 milhões que a empresa valia em sua rodada de investimento anterior em dezembro de 2017, afirmou o presidente-executivo Sergio Furio. O dinheiro ajudará a Creditas a oferecer uma nova gama de produtos e apoiar sua expansão fora do Brasil, disse ele.

“O México é o país mais evidente para começar, já que tem problemas financeiros semelhantes para o Brasil e um mercado considerável ”, disse Furio, acrescentando que a Creditas planeja abrir um escritório lá antes do final do ano. Tanto o Vision Fund do SoftBank quanto o recém-criado SoftBank Latin America Fund, antes conhecido como Innovation Fund, investiram na Creditas. Outros fundos que já investiam na empresa Vostok Emerging Finance, Santander InnoVentures e Amadeus Capital também participam da nova rodada. Antes do acordo com o SoftBank, a Creditas havia captado um total de R$ 285 milhões desde sua fundação em 2012.

A Creditas oferece aos brasileiros empréstimos garantidos por imóveis e por veículos, com taxas que variam de 0,99% a 1,59% ao mês, que os clientes usam para renegociar dívidas bancárias de em média de 5% ao mês, disse Furio. A empresa planeja começar a vender empréstimos consignados e a financiar a compra de casas e veículos nos próximos meses. A Creditas recebeu solicitações de mais de R$ 60 bilhões em empréstimos desde a sua criação.

“Embora exista uma enorme demanda por crédito pessoa física no Brasil, o mercado é ineficiente”, disse Akshay Naheta, sócio-gestor da SoftBank Investment Advisers, que assessora o Vision Fund. “A Creditas foi pioneira em uma abordagem digital que é mais flexível, mais acessível e a um custo menor para os consumidores.”

O fundo da América Latina da SoftBank foi iniciado em março para investir US$ 5 bilhões em toda a região. O fundo já comprou participações em startups, incluindo a empresa de entrega de alimentos colombiana Rappi, a empresa de logística Loggi, a empresa de pagamentos mexicana Clip e a startup brasileira Gympass. O SoftBank também teve conversas preliminares com a fintech de cartão de crédito Nubank em junho para um possível investimento, disseram pessoas familiarizadas com o assunto na época.

Invista melhor o seu dinheiro. Abra uma conta gratuita na XP. 

 

Contato