Em minhas-financas / consumo

Hudson Yards, maior complexo imobiliário em NY desde o Rockfeller, é inaugurado

O projeto, que fica em Nova York, possui mais de 100 lojas, restaurantes, hotéis, áreas verdes e um condomínio de luxo  

Hudson Yards
(Divulgação)

SÃO PAULO - Nesta sexta-feira (15), foi inaugurado o projeto imobiliário privado mais caro da história dos EUA, o Hudson Yards. O complexo, que fica em Nova York, possui mais de 100 lojas, restaurantes, hotéis, áreas verdes e um condomínio de luxo. É o maior empreendimento construído na cidade desde o Rockefeller Center no anos 30. 

O complexo, que demorou 10 anos para ser construído, conta com 11 hectares e fica pátio ferroviário de Long Island Rail Road. O custo recorde foi de US$ 25 bilhões ao incorporadores – a ted Companies e a Oxford Properties. Trata-se de um complexo misto: metade é aberto ao público e a outra metade é totalmente exclusiva. 

A praça central, chamada de Vessel, possui a grande atração do empreendimento: uma estrutura de 45 metros onde é possível escalar e visitar. Na comparação, a Vessel equivale a pista de patinação ou a árvore de Natal  do Rockfeller Center. 

"Não estamos apenas vendendo um prédio. É por causa do estilo de vida que as pessoas estão se mudando para cá", disse a vice-presidente do projeto, Sherry Tobak, à rede local de TV CBS New York.

hudson-yards-aerial-view-may-2018-2-courtesy-of-related-oxford

No condomínio residencial os apartamentos são para ultra-ricos: os preços começam em US$ 3 milhões e vão até US$ 32 milhões, mas segundo a rede local de TV haverá  unidades a preços mais "acessíveis" para alugar.  

De acordo com site o Brasil Journal, serão 107 apartamentos com aluguéis que vão variar entre US$ 858 e US$ 1.350 com dois quartos - e esses inquilinos vão ter acesso a áreas comuns como lavandeira coletiva e tudo separado dos moradores milionários. 

Entre as opções de lazer do condomínio (para os moradores mais ricos) estão estúdio de yoga, simulador de golfe, adega, entre outros benefícios.  

O centro cultural fica anexado ao residencial e é financiado por doações. Já foram captados US$ 488 milhões. Michael Bloomberg, quando foi prefeito da cidade, doou US$ 75 milhões, segundo informações do site. 

A torre principal do complexo, chamada 30 Hudson Yards, tem 101 andares, sendo o terceiro maior prédio de Nova York, e possui um mirante suspenso no ar a 325 metros de altura, no 100° andar.  

Espera-se que o prédio gere novos empregos e oportunidades para os habitantes da cidade. 

Ainda, há um shopping de sete andares com uma praça de alimentação com mais de 20 restaurantes e bares comandados por chefs da alta gastronomia 

Quer conhecer o novo prédio? Invista e vá para Nova York! Abra uma conta na XP é de graça. 

photo-10-hudson-yards-and-retail-under-construction-photo-credit-steve-freihon

 

 

Contato